Assine Já
sexta, 25 de setembro de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8076 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1625 102
Armação dos Búzios 483 10
Arraial do Cabo 242 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 671 36
São Pedro da Aldeia 1323 51
Saquarema 1177 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
Arraial do Cabo

Arraial do Cabo trabalha para evitar os transtornos do trânsito

Mudanças estão previstas para começar este mês

01 dezembro 2015 - 08h58

No que depender da preocupação das autoridades de Arraial do Cabo, o próximo verão não vai ser igual ao que passou. Nem aos anteriores. Co­nhecida pelas ruas estreitas, a cida­de, que recebe milhares de turistas na alta temporada, já se planeja para melhorar um dos pontos fracos du­rante os meses de calor: o trânsito.

Na próxima semana, a prefeitura e a secretaria municipal de Ordem Pública vão se reunir para discutir os últimos detalhes do esquema pa­rao verão de 2016. Mas já se sabe de antemão que os carros dos turistas que apenas passam o dia na cidade não poderão mais trafegar no centro.

A partir do início do ano que vem, os visitantes terão que deixar o veículo em um estacionamento de 56 mil metros quadrados, com capacidade para 7 mil carros, que vai funcionar em um terreno ao lado da curva da Rebeche, na entrada do perímetro urbano. Moradores e pes­soas que trabalham ou estão hospe­dadas na cidade terão os veículos cadastrados pela para livre circula­ção na cidade.

Segundo o secretário Marcelo Adriano, no local será montado um terminal de onde partirão ônibus que circularão pelas ruas da cidade. Pelo projeto, os turistas receberão uma espécie de ‘bilhete único’ que per­mitirá trafegar no sistema de trans­porte coletivo fornecido pela prefei­tura. O valor do estacionamento e as regras para uso do ‘bilhete único’ ainda não estão definidos.

– Estamos na fase de projeto para a criação desse ‘bolsão de estaciona­mento’, mas ainda precisamos que a Câmara aprove alguns decretos. De­vemos fazer uma reunião na semana que vem para elaborar a operação com a Guarda Municipal, mas já te­mos uma ideia de como vai funcio­nar – explicou Marcelo Adriano.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta terça-feira (1)