Assine Já
quinta, 16 de julho de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
13ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 3553 Óbitos: 207
Confirmados Óbitos
Araruama 671 42
Armação dos Búzios 288 8
Arraial do Cabo 88 11
Cabo Frio 1067 66
Iguaba Grande 257 20
São Pedro da Aldeia 565 21
Saquarema 617 39
Últimas notícias sobre a COVID-19
eleições

Arraial do Cabo: Raposas políticas na disputa

Na sexta, PDT cabista define pré-candidato entre Melman e Bonifácio

29 julho 2015 - 09h14

Conforme o site da Folha antecipou no último sábado, o futuro do PDT, sigla mais tradicional de Arraial do Cabo, começa a ser decidido esta semana. Mais precisamente na noite desta sexta-feira, quando será definido o nome do pré-candidato do partido à Prefeitura no ano que vem. Para tentar dar a volta por cima depois do resultado ruim de 2012, quando o então candidato Henrique Melman teve menos da metade da votação do vencedor, o atual prefeito Andinho (PMDB) e não elegeu vereadores, o partido tem como opções velhos conhecidos da política local: o próprio Melman, 84, prefeito da cidade entre 2001 e 2008 e o ex-deputado estadual José Bonifácio Novellino, 70, que comandou Cabo Frio entre 1977 e 1982 e de 1993 a 1996.
E é justamente a longa vida pública dos caciques pedetistas que traz otimismo ao presidente do diretório cabista, Davi Vianna. Mesmo garantindo que haverá estrutura e visibilidade, ele admite ser difícil concorrer tribunacom o poderio financeiro de outras pré-candidaturas como a do secretário de Governo, Walter Lúcio Tê, mas aposta na experiência dos postulantes para entrar em vantagem na disputa.
– Quanto ao Melman, já foi provada a sua capacidade de administrar. Sem os royalties, ele fez mais de 140 obras em Arraial. Escolas, creches, pavimentação. O Bonifácio também foi um bom prefeito em Cabo Frio, principalmente para o funcionalismo e a Educação. Nunca tirou proveito da vida pública. O poderio financeiro dos outros candidatos assusta um pouco, mas tiramos lições da experiência de 2012 – acredita Davi Vianna.


*Leia a matéria completa na edição impressa da Folha dos Lagos desta quarta-feira.