Assine Já
sábado, 04 de julho de 2020
Região dos Lagos
23ºmax
16ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 260 584 40
Armação dos Búzios X 250 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 943 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 455 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
chuva

Após reforma, Rua dos Biquínis recebe novos reparos

Estrutura não suporta força da chuva no fim de semana

16 dezembro 2014 - 17h15Por Gabriel Tinoco
Após reforma, Rua dos Biquínis recebe novos reparos
Reinaugurada na semana passada, a Rua dos Biquínis, na Gamboa, em Cabo Frio, terá que passar por novos reparos depois que a cobertura do centro comercial desabou, no domingo, por não suportar o volume de água que caiu durante a tarde. O secretário de Obras, Paulo Castro, informou que a LM Construtora, empresa responsável pela reforma, cobrirá os gastos devido ao prazo de garantia de dois anos do contrato. Ele garante que os comerciantes não sofreram prejuízo com o temporal.   
 De acordo com Paulo Castro, a empresa iniciou os novos reparos no maior polo de moda praia do país ontem. 
– Estou tranquilo porque a obra está dentro do prazo de garantia.  A Prefeitura não precisará desembolsar nada para reformar a lona da Rua dos Biquínis. Está no contrato que a empresa que fez a recuperação será obrigada a refazer a reforma. Normalmente, o prazo estipulado para esse tipo de reforma é de dois anos. Mas pode ser até mais tempo. O conserto já deve ser retomado hoje (ontem) à tarde. A lona deve ser novamente trocada por uma de melhor qualidade. Isso é normal. O governo precisa da garantia da qualidade dos serviços – afirma o secretário de Obras. 
A Rua dos Biquínis é um dos maiores destinos turísticos do município. O maior polo de moda praia do país, no entanto, não recebia uma recuperação há 12 anos. A recuperação do centro comercial custou cerca de R$ 2 milhões aos cofres públicos, informa Paulo Castro.   
– O governo gastou R$ 2 milhões com um trabalho muito bem desenvolvido. A infraestrutura recebeu uma nova cara. Trabalhamos na fiação elétrica, nos toldos, na pintura e em várias partes da estrutura da Rua dos Biquínis. Se algum problema apareceu, ele será consertado. E sem nenhum gasto para o governo – diz Paulo Castro, otimista para o início das obras. 
A reformada Rua dos Biquínis não foi o único lugar em Cabo Frio a sofrer com a chuva no domingo passado. Não precisou da queda de um temporal para outros pontos da cidade mostrarem toda a fragilidade. As ruas estiveram completamente tomadas pela água – e os moradores sofreram prejuízos financeiros.  
No bairro Parque Burle, por exemplo, um carro não conseguiu andar por causa dos alagamentos na Avenida Vitor Rocha. A Avenida Júlia  Kubitschek, na altura do Terminal Rodoviário Alexis Novellino, estava ilhada devido ao forte temporal. A Rua Coronel Ferreira, no Portinho, também ficou completamente tomada pela água.