Assine Já
terça, 28 de setembro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
20ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 51480 Óbitos: 2097
Confirmados Óbitos
Araruama 12222 438
Armação dos Búzios 6365 64
Arraial do Cabo 1689 90
Cabo Frio 14367 844
Iguaba Grande 5407 140
São Pedro da Aldeia 6899 286
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Assalto

Após prejuízo de quase R$ 20 mil, ambulante não sabe o que fazer

Polícia já identificou carro usado no roubo, mas nada da barraquinha

10 julho 2015 - 10h20
Após prejuízo de quase R$ 20 mil, ambulante não sabe o que fazer

FILIPE CARBONE

Os cabofrienses que costumam passar pela Avenida Teixeira e Souza, na esquina com a Silva Jardim, têm notado que a barraquinha ‘Só Cocos’, cuidadosamente administrada por Ademir Soares deixou de compor a paisagem local. A barraca, que há 12 anos fazia parte do cotidiano dos moradores da cidade, foi roubada na madrugada do último sábado.
Há 12 anos autorizado a utilizar o ponto em que permanece até hoje, Ademir, de 66 anos, nunca havia tido problemas semelhantes em seus 25 anos como ambulante. Auxiliado por sua filha Renata e a esposa Maria José, ele afirma que vai tentar esperar o caso ser resolvido e a barraca ser devolvida, mas já cogita a possibilidade de comprar outra.
– Eu pretendo comprar outra porque não posso deixar de trabalhar, mas gostaria que isso fosse resolvido e que a minha barraquinha antiga fosse devolvida. A minha preocupação é que ela seja desmontada e vendida ao ferro velho. Se isso acontecer vai ficar irreconhecível e eu não vou ter como recuperá-la – afirmou.
Fruto de muito trabalho, a barraquinha custou R$ 20 mil ao vendedor. Segundo ele, mudanças foram feitas para que ela fosse sempre bem vista pelos clientes. Esse foi um dos fatos que levou Aldemir a conquistar tanto sucesso na região.
– Trabalhei muito para conseguir comprá-la. É uma barraca bem bonita, fazemos tudo para trabalhar da forma mais correta possível. Todos os clientes nos elogiam. Acredito que muitas pessoas da cidade conheçam ela – declarou.
 

*Leia matéria completa na edição impressa da Folha desta sexta-feira.