Assine Já
segunda, 02 de agosto de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
13ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46523 Óbitos: 1889
Confirmados Óbitos
Araruama 11454 362
Armação dos Búzios 5517 58
Arraial do Cabo 1588 87
Cabo Frio 12706 765
Iguaba Grande 4804 116
São Pedro da Aldeia 6205 275
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

​Aplicativo vai monitorar lagoas de Araruama e Saquarema com dados dos próprios pescadores

Categoria vai receber curso de capacitação

02 julho 2019 - 12h02
​Aplicativo vai monitorar lagoas de Araruama e Saquarema com dados dos próprios pescadores

Um aplicativo irá fazer o monitoramento pesqueiro das lagoas de Araruama e de Saquarema com dados fornecidos pelos próprios pescadores. O projeto foi aprovado na reunião ordinária do Comitê de Bacias Lagos São João realizada na sexta-feira (28), na Casa de Cultura de Araruama. O valor de R$ 124 mil será custeado pelo Fundo Estadual de Recursos Hídricos (FUNDRHI), do Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

Pelo projeto, os pescadores receberão uma oficina de capacitação para manusear o aplicativo. Ele irá conter fotografias com espécies de peixes e os pescadores poderão inserir dados relacionados à captura de cada uma delas. A agilidade do procedimento vai permitir o monitoramento diário dos recursos pesqueiros, também com recortes semanais, mensais e anuais.

Outro benefício é que os pescadores poderão utilizar o aplicativo para comprovação profissional, com consequente acesso a políticas públicas e financiamentos direcionados ao setor. 

O plano do Comitê de Bacias é que a capacitação dos profissionais seja feita durante o período de defeso da Lagoa de Araruama, que vai do começo de agosto ao fim de outubro. Com a volta da pesca, em novembro, terá início um projeto piloto. A previsão é de que o sistema esteja em funcionamento integral a partir do ano que vem.

Outro projeto de monitoramento pesqueiro aprovado na reunião ordinária desta sexta foi para o Rio São João. Neste caso o monitoramento será feito com metodologia de controle de desembarque, em que um coletor anota os dados e passa para um sistema online de análise. O valor de R$ 100 mil também virá do Fundo de Recursos Hídricos.

“Com os projetos aprovados hoje, finalizamos a dotação orçamentária deste ano e agora estamos totalmente focados na implantação dos projetos aprovados”, informa a secretária-executiva do Consórcio Intermunicipal Lagos São João, Adriana Saad.

O Consórcio é a entidade que executa as políticas aprovadas no Comitê de Bacias, que reúne sociedade civil e poder público dos municípios e do estado.