Assine Já
quarta, 25 de novembro de 2020
Região dos Lagos
26ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 11737 Óbitos: 538
Confirmados Óbitos
Araruama 2347 117
Armação dos Búzios 1060 16
Arraial do Cabo 364 16
Cabo Frio 3625 181
Iguaba Grande 1069 40
São Pedro da Aldeia 1801 76
Saquarema 1471 92
Últimas notícias sobre a COVID-19
energia

Apesar da crise, leitor flagra poste com luz acesa na Gamboa em plena luz do dia

Folha  denunciou recentemente desperdício de energia na Fonte do Itajuru

06 maio 2015 - 17h30
Apesar da crise, leitor flagra poste com luz acesa na Gamboa em plena luz do dia

A crise não impede que o desperdício continue em Cabo Frio. Desta vez, o jornalista Alysson Nogueira enviou à redação da Folha flagra de luzes acesas em postes na Rua dos Biquinis, por volta das 16h.

– Estava voltando da praia quando notei que as luzes estavam acesas. Achei um completo descaso com o dinheiro público. Tanto se fala do momento de crise naciona, e nos deparamos com essa cena de desperdiço. Que crise é essa? Já vi essa cena há pouco menos de um mês também com as luzes da quadra da Praça de São Cristóvão, todas acessas 7 horas da manhã – indignou-se.

No começo de março, a Folha também mostrou outra cena de descaso com o dinheiro público: a Fonte do Itajuru, que foi flagrada com todas as luzes acesas, durante o dia, num fim de semana. Quando tentou saber de quem era a responsabilidade, a reportagem do jornal precisou fazer um sem número de ligações para Prefeitura de Cabo Frio – passando pela secretaria de Serviços Públicos, Comsercaf, Meio Ambiente, Cultura e até a Comunicação Social – sem, no entanto, conseguir uma resposta.

Na ocasião, um gerente operacional da extinta Comsercaf informou apenas que o sistema de iluminação não era gerido por fotocélula ou superposte (que desliga ao amanhecer e acende ao anoitecer), e sim, manual.

E o cidadão que pague a conta!