Assine Já
quarta, 01 de dezembro de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53693 Óbitos: 2188
Confirmados Óbitos
Araruama 12500 448
Armação dos Búzios 6584 73
Arraial do Cabo 1754 93
Cabo Frio 15591 902
Iguaba Grande 5572 147
São Pedro da Aldeia 7051 290
Saquarema 4641 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
CIDADE

Ambulância tomba após acidente em cruzamento de Cabo Frio

Colisão ocorreu na altura da Avenida Teixeira e Souza, próximo à padaria Remmar

22 junho 2020 - 16h23Por Redação

Uma ambulância da Prefeitura de Arraial do Cabo tombou após ser atingido por um Honda Civic preto no cruzamento da Avenida Teixeira e Souza com a Rua Maestro Braz Guimarães, em frente à padaria Remmar, em Cabo Frio, na tarde desta segunda-feira (22). 

A ambulância, que foi cedida pelo Governo do Estado para ajudar no combate ao novo coronavírus, seguia para um hospital no centro da cidade, pela Teixeira e Souza, quando houve a colisão do automóvel, que vinha do Morubá.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e levou os ocupantes da ambulância para o Hospital Central de Emegência, em São Cristóvão. 

Em nota, a Prefeitura de Arraial do Cabo, através da Secretaria de Saúde, informou que "ambulância levava uma paciente, cadastrada no NIR, para realizar um procedimento de ultrassonografia do abdômen em Cabo Frio quando foi surpreendida por um veículo que não escutou a sirene. No acidente, o veículo oficial da Prefeitura, com cinco pessoas a bordo, tombou. O motorista, o maqueiro, a enfermeira, a paciente que estava sendo transportada e a mãe dela sofreram apenas escoriações leves e foram encaminhados ao HCE após o acidente. Todos passam bem e já foram liberados".

O município disse ainda que "o Departamento Jurídico da Secretaria de Saúde foi prontamente acionado para acompanhar. Foi realizada a perícia no local e um boletim de ocorrência, o resultado sairá em três dias. A Prefeitura seguirá acompanhando o caso".

O trânsito ficou congestionado no local, pois a Guarda Municipal interditou aquele trecho da Avenida Teixeira e Souza. O caminho do Centro teve de ser feito pela Avenida Júlia Kubitscheck ou pelo bairro do Braga.

(*) Matéria atualizada às 17h23.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.