Assine Já
segunda, 21 de setembro de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7847 Óbitos: 412
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 473 10
Arraial do Cabo 231 13
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
acidente

Aluna desacompanhada de auto escola bate em outro carro

Instrutor pode sofrer punição administrativa

29 março 2016 - 11h05
Aluna desacompanhada de auto escola bate em outro carro

Um acidente no mínimo curioso chamou a atenção de quem passava pelas Perynas, na altura do mercado Assaí, na manhã de ontem. Uma aluna da Auto Escola Litoral, de São Pedro da Aldeia, dirigiu sem a presença do instrutor e provocou um engavetamento com mais dois carros de auto escolas. O caso foi registrado na 126ª DP (Cabo Frio).

De acordo com testemunhas, o instrutor deixou a jovem praticar a baliza (teste praticado na hora da prova) sem o acompanhamento – os alunos de auto escolas têm permissão para dirigir, mas somente com a presença de um professor.

A mulher raspou em um carro da Auto Escola Jean, em Cabo Frio, e bateu na traseira de um veículo da Auto Escola Opção Certa, também de São Pedro da Aldeia, em seguida. Os bombeiros chegaram imediatamente ao local para socorrer a aluna, que sofreu ferimentos leves. Os policias também compareceram pouco depois do momento do acidente para prestar socorro. A aluna passa bem.

O instrutor da Auto Escola Atlântico, Walter da Silva Santos, não acredita que o companheiro de profissão irá perder a licença de trabalho pelo erro cometido. Para ele, a aluna também não sofrerá qualquer punição por dirigir irregularmente.

– A aluna não tem absolutamente culpa nenhuma e isso não atrapalhará ela em nada. Ela não poderia estar sozinha num carro. Por isso, há o duplo comando. Como um professor pode pedir para um aluno dirigir sozinho se ele não está preparado para isso? O Detran vai primeiramente penalizar a auto escola, que será notificada com um processo administrativo. Logo depois, será a vez do instrutor ser chamado para relatar o que aconteceu e responder por isso. Acredito que haverá uma punição, mas não creio que o instrutor perca a licença, até porque todo mundo erra – afirma.