Assine Já
quinta, 21 de outubro de 2021
Região dos Lagos
20ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
HOMENAGEM CANCELADA

Alerj vota revogação da medalha Tiradentes dada a Doutor Jairinho, acusado de matar enteado

Vereador do Rio está preso desde 8 de abril, por suspeita de matar Henry Borel, de quatro anos

19 maio 2021 - 12h20Por Redação

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vota em discussão única, nesta quarta-feira (19), a revogação da Medalha Tiradentes entregue ao vereador Dr. Jairinho em 2007. A revogação é proposta no projeto de resolução 550/21, do deputado Noel de Carvalho (PSB). Jairinho está preso desde 8 de abril, acusado da morte do enteado, Henry Borel, de quatro anos, em 8 de março.

“A honraria da Medalha Tiradentes é destinada a pessoas estimadas e relevantes da causa pública do Estado do Rio de Janeiro e para isso não é cabível que pessoas envolvidas em escândalos tão brutais, como é o caso do possível assassinato do menino Henry Borel, de 4 anos de idade, ou acusações de agressões à ex-esposa, ex-namoradas e seus filhos estejam entre os homenageados pela honraria”, disse o deputado Noel de Carvalho.

A entrega da medalha foi proposta pelo ex-deputado Antonio Pedregal. Na ocasião, ele afirmou que Jairinho mereceria a honraria porque "o vereador, como médico, se preocupava com a falta de uma política séria de prevenção na área da infância e da juventude".

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.