Assine Já
terça, 24 de novembro de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 11377 Óbitos: 530
Confirmados Óbitos
Araruama 2262 116
Armação dos Búzios 1000 16
Arraial do Cabo 364 16
Cabo Frio 3609 179
Iguaba Grande 1034 39
São Pedro da Aldeia 1693 75
Saquarema 1415 89
Últimas notícias sobre a COVID-19
Alcione

Alcione será atração principal nas comemorações do aniversário de Cabo Frio

Programação também terá Roberto Menescal e Abel Silva e a banda gospel

08 novembro 2017 - 10h53Por Redação I Foto: Divulgação
Alcione será atração principal nas comemorações do aniversário de Cabo Frio

No próximo dia 13 Cabo Frio completa 402 anos de história, e a festa será embalada ao som de grandes artistas como Alcione, Roberto Menescal e Abel Silva e a banda gospel Preto no Branco. Os shows de Alcione e Preto no Branco na orla da Praia do Forte serão realizados com patrocínio da iniciativa privada e contam com apoio da Prefeitura e Rádio Litoral FM. Já Menescal e Abel Silva se apresentarão no Largo São Benedito, na Passagem, em show que é um presente dos músicos para a cidade, já que eles não cobraram cachê.

A festa no palco montado na orla da praia começa no domingo (12), às 20h, com a Mostra Especial do Festival Internacional de Dança de Cabo Frio, que reúne dez academias de dança da cidade. A Mostra promete ser um grande espetáculo que vai unir a técnica clássica e o movimento contemporâneo.

Já a cantora Alcione comanda o auge da festa, no dia 13, a partir das 21h. Uma das maiores cantoras do país apresenta um repertório de clássicos como “Sufoco” e “Meu Vício é Você” e uma série de sucessos, entre eles, “Estranha Loucura”, “Você Me Vira a Cabeça”, “Além da Cama”, “Gostoso Veneno”, dentre outros.

No dia 14, a partir das 19h, tem show gospel com a Banda Preto no Branco, encerrando a programação na orla da Praia do Forte. O grupo, composto por Clóvis Pinho, Jean Michel e Weslei Santos tem um repertório com ritmos como black music, soul, R&B, samba, pop rock, indie rock e, entre outros ritmos.

No dia 15 a festa acontece no Largo São Benedito com um encontro musical inédito e histórico, unindo dois dos mais importantes músicos do Brasil: de um lado Roberto Menescal, músico, arranjador, produtor, um dos pilares da bossa nova e parceiro em clássicos como “O barquinho”, “Ah, se eu pudesse”, “Errinho à toa”, “Nós e o mar”, “Rio”, “Você” e “Vagamente”, só para citar alguns. De outro o cabo-friense Abel Silva, escritor e letrista de mão cheia, que tem entre os parceiros mais constantes nomes como Fagner, João Donato, Dominguinhos, João Bosco, Moraes Moreira, Francis Hime, Ivan Lins, Geraldo Azevedo e o próprio Menescal. 

“O encontro inédito” é o nome do álbum, lançado este ano pela Biscoito Fino, que reúne 10 canções compostas em épocas diferentes e com sonoridades variadas. Roberto Menescal, que acaba de completar 80 anos e tem no currículo aulas de teoria, harmonia e contraponto com os maestros Guerra Peixe e Moacir Santos, relembra o primeiro encontro com Abel Silva: “Marquei um encontro, já com a fita K-7 com a melodia, e custei a achá-lo no Plataforma (escritório do nosso mestre Tom Jobim), porque não o conhecia pessoalmente. Quando vi aquele cara sozinho, falei: ‘Este é o Abel’. De lá pra cá fizemos mais de 20 músicas”.

No álbum “O encontro inédito”, as parcerias de Menescal e Abel ganham as vozes de Ana Costa, Georgeana Bonow, Sáloa Farah, Claudia Telles, Wanda Sá, Cris Delano, Isabella Taviani, Fernanda Takai, Leila Pinheiro e da “madrinha” Nara Leão, na gravação de “Transparências”, ao lado de Menescal. O compositor relembrou, recentemente, em entrevista ao programa do Bial, da pescaria em Cabo Frio, em companhia de João Bôscoli e Nara leão, quando o barco ficou a deriva por mais três horas no mar e nasceu o clássico “O Barquinho”.

 "O pessoal estava apavorado, quando avistamos uma embarcação que nos resgatou, aí a gente  brincou: o barquinho vai, a tardinha cai...", relembrou Menescal.