Assine Já
domingo, 12 de julho de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
15ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 344 Confirmados: 3388 Óbitos: 196
Suspeitos: 344 Confirmados: 3388 Óbitos: 196
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 272 7
Arraial do Cabo 16 84 11
Cabo Frio X 1037 64
Iguaba Grande 12 241 20
São Pedro da Aldeia 10 530 19
Saquarema 32 566 33
Últimas notícias sobre a COVID-19
Alair

Alair reafirma que será candidato à reeleição em outubro

Declaração foi feita em jantar com militantes: “Vão ter que me enfrentar”

27 fevereiro 2016 - 14h41
Alair reafirma que será candidato à reeleição em outubro

Às voltas com a crise financeira e administrativa em Cabo Frio, o prefeito Alair Corrêa (PP) mostra que não perdeu de vista as eleições municipais de outubro. Nesta sexta-feira (26), em jantar organizado pela internet e que contou com a presença de militantes, secretários de governo, vereadores e outros apoiadores, no parque aquático de sua propriedade, em São Jacinto, o prefeito reafirmou que concorrerá à reeleição daqui a pouco mais de sete meses.

Tentando afastar os rumores de que não tentará se eleger para o que seria seu quinto mandato, Alair novamente criticou os adversários e disse que “só uma oposição louca desperdiçaria as consequências administrativas de uma prefeitura que, do dia pra noite, perde 50 milhões de reais em seu orçamento daquele mês”.

– Me recolhi, pois precisava me dedicar exclusivamente a administrar o caos que se transformou nossos encargos diante de um dinheiro cada vez menor. Não tratei de candidaturas, apoios, nada, e isso fez que a oposição pensasse que eu houvesse desistido. Não há como desistir quando temos uma missão a completar e nos damos conta de tanta gente que nos ama, que nos apoia, que entende os sacrifícios que temos feito. Em outubro, eles vão ter de me enfrentar – afirmou.

O prefeito já tinha anunciado, no ano passado, o desejo de se candidatar à reeleição, mas com o agravamento da crise e a queda na popularidade, cresceram os rumores de que o veterano político de 74 anos se retiraria da disputa para apoiar alguém de sua família, como o atual secretário de Obras, Paulo Henrique Corrêa, ou mesmo nomes de outros partidos, como ex-deputado federal Paulo César da Guia, hoje no PSDB.