segunda, 04 de março de 2024
segunda, 04 de março de 2024
Cabo Frio
28°C
Park Lagos mobile
afogamento

Afogamento causa pânico na Praia do Forte na manhã desta quarta (29)

Duas turistas mineiras foram socorridas pelos Bombeiros e levadas para UPA

29 março 2017 - 10h15Por Redação | Foto: Rodrigo Branco
Afogamento causa pânico na Praia do Forte na manhã desta quarta (29)

O resgate de duas mulheres que se afogavam no mar da Praia do Forte, no ponto em frente à Avenida Nilo Peçanha, acabou mais cedo com a diversão de uma família de Belo Horizonte (MG) na manhã desta quarta-feira (29). Vera Alves, de 54 anos, e Valéria Alves, de 50, não perceberam a repentina mudança na maré e foram puxadas pela correnteza.

Ao tentarem sair da água e não conseguirem, as mulheres acenaram e gritaram por socorro, chamando a atenção dos familiares que, em pânico, avisaram aos guarda-vidas. O resgate foi rápido e as duas irmãs foram levadas em uma ambulância do Corpo de Bombeiros para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Burle. Aos prantos, a filha de Vera, Rafaela Alves, contou como foi o incidente.

– Minha mãe nada muito bem. Ela foi atrás da minha tia e elas estavam brincando. Mas quando elas viram que não estavam conseguindo sair nos chamaram. Foi tudo muito rápido – relata, enquanto se refazia do susto.

Segundo o capitão Sérgio Riscado, do 18º GBM, com a mudança no tempo, os banhistas, sobretudo os que não conhecem o mar local, precisam redobrar a atenção. Ele recomenda que os frequentadores localizem os pontos que possuem bandeiras vermelhas, onde o mar é mais agitado, e respeitem a sinalização.

– O pessoal que vem de fora não tem conhecimento e não procura se orientar. Entram por conta própria. O mar está diferente do que estamos acostumados por causa da mudança do tempo, está mais agitado. Por sorte, a própria correnteza trouxe as turistas para fora da água e conseguimos resgatá-las – comentou o capitão.