Assine Já
sexta, 18 de setembro de 2020
Região dos Lagos
30ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7483 Óbitos: 397
Confirmados Óbitos
Araruama 1452 99
Armação dos Búzios 466 10
Arraial do Cabo 201 13
Cabo Frio 2467 130
Iguaba Grande 622 34
São Pedro da Aldeia 1153 50
Saquarema 1122 61
Últimas notícias sobre a COVID-19
advogados

Advogados querem fim do paletó no verão

Em outros estados, dispensa do traje já foi permitida

11 dezembro 2014 - 17h12
A luta dos advogados fluminenses pela dispensa do paletó e da gravata voltará com força neste verão. A Caarj (Caixa de Assistência dos Advogados do Estado do Rio de Janeiro), em parceria com a OAB-RJ, vai retomar a campanha ‘Paletó no Verão, não! – Respeito não se mede pelo traje’, que mobilizou a categoria no início do ano. Os advogados reivindicam o fim da exigência em todas as sessões de julgamento, audiências, despachos e sustentações orais.
Na última terça, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 1ª Região dispensou o uso de paletó e gravata somente para despachos e trânsito nas dependências das unidades de Primeiro e Segundo Graus do TRT. Em audiências de Primeiro Grau, bem como nas sessões das turmas, seções especializadas, do Órgão Especial e Tribunal Pleno, a obrigatoriedade do traje foi mantida.  O presidente da Caarj, Marcello Oliveira, criticou duramente a decisão. “Não é possível que se continue a privilegiar um costume em detrimento da saúde do advogado. O assunto é sério e os presidentes de Tribunais no Rio de Janeiro tratam isso de forma banal. Em vários estados brasileiros, a dispensa tornou-se rotineira”, disse.