Assine Já
domingo, 05 de dezembro de 2021
Região dos Lagos
28ºmax
20ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53720 Óbitos: 2188
Confirmados Óbitos
Araruama 12500 448
Armação dos Búzios 6584 73
Arraial do Cabo 1754 93
Cabo Frio 15618 902
Iguaba Grande 5572 147
São Pedro da Aldeia 7051 290
Saquarema 4641 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
APÓS PROTESTO

Adriano promete a alunos que escola Luiz Lindenberg permanecerá aberta

Prefeito de Cabo Frio recebeu um grupo de estudantes na manhã desta terça-feira (3)

03 dezembro 2019 - 13h59Por Redação

O prefeito de Cabo Frio, Adriano Moreno (DEM), prometeu que vai voltar atrás da decisão de fechar a escola Luiz Lindenberg no ano letivo de 2020. O compromisso foi assumido durante uma reunião com um grupo de estudantes e a orientadora educacional da unidade, Nanci de Azevedo Lopes, na manhã desta terça-feira, na sede do governo municipal. O prefeito ficou de marcar uma reunião com a secretária de Educação, Márcia Almeida, para resolver a questão.

Mas antes de serem recebidos, os estudantes e funcionários da escola precisaram se mobilizar. Munidos de faixas e cartazes, os jovens chegaram a ocupar o saguão de entrada do prédio da prefeitura em forma de protesto. Inicialmente, o prefeito quis receber uma comissão composta apenas pelos alunos, o que foi negado, pois foi reivindicada a presença de um adulto para a negociação. O pedido acabou aceito e a orientadora educacional pôde participar da reunião.

– Ele ficou muito comovido com a maturidade dos alunos e percebeu que somos uma escola que temos muito amor, tanto por parte dos nosso alunos como pela nossa parte. O que a gente quer é a união das crianças e não dividi-las por outras escolas. Queremos todos no mesmo prédio. Ele falou: “pode deixar que vocês vão continuar” e nós acreditamos porque sabemos que a luta é de todos. É dele, é nossa, e nós queremos o melhor para a comunidade escolar – comentou Nanci.

Alunos protestam na Prefeitura de Cabo Frio contra fechamento da E.M. Luiz Lindenberg

Ao mesmo tempo, o secretário de Governo, Miguel Alencar, recebeu outra comissão, composta por outros estudantes da escola, representantes do Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe Lagos) e de entidades estudantis para tentar resolver o impasse. Os vereadores Vanderlei Bento (PMB) e Rafael Peçanha (PDT) também participaram da reunião paralela.

O principal argumento da comunidade escolar do Luiz Lindenberg para manter a unidade aberta até a inauguração do novo prédio é que o município não terá novas despesas além das que já possui com o aluguel de um espaço alternativo. Atualmente, a prefeitura gasta R$ 5 mil mensais de aluguel para usar as instalações da comunidade Santos Anjos Custódios, na Praia do Siqueira. O fechamento, ainda que temporário, da escola teria impacto sobre cerca de 240 estudantes, que seriam realocados em outras unidades da rede municipal.

Entretanto, para que a promessa do prefeito tenha efeito prático, ele terá que revogar o decreto nº 6.127, publicado na semana passada. Os estudantes prometem pressionar para que isso aconteça o quanto antes.

– A gente aguarda um posicionamento e que ele publique essa revogação, mas se isso não acontecer, não tem problema; na semana que vem, a gente está aqui na prefeitura ocupando de novo e quantas vezes for preciso para manter as escolas abertas – anuncia a presidente da Associação Cabofriense dos Estudantes, Chantal Campello Ferraz.

A Prefeitura de Cabo Frio já anunciou que vai realizar no próximo dia 27 a licitação para contratar a empresa responsável pela construção do novo prédio da escola Luiz Lindenberg. O antigo prédio, no Guarani, foi demolido em março deste ano por estar com a estrutura comprometida.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.