Assine Já
sexta, 06 de dezembro de 2019
Região dos Lagos
25ºmax
19ºmin
Apartamento
AP REC BANNER
APÓS PROTESTO

Adriano promete a alunos que escola Luiz Lindenberg permanecerá aberta

Prefeito de Cabo Frio recebeu um grupo de estudantes na manhã desta terça-feira (3)

03 dezembro 2019 - 13h59Por Redação

O prefeito de Cabo Frio, Adriano Moreno (DEM), prometeu que vai voltar atrás da decisão de fechar a escola Luiz Lindenberg no ano letivo de 2020. O compromisso foi assumido durante uma reunião com um grupo de estudantes e a orientadora educacional da unidade, Nanci de Azevedo Lopes, na manhã desta terça-feira, na sede do governo municipal. O prefeito ficou de marcar uma reunião com a secretária de Educação, Márcia Almeida, para resolver a questão.

Mas antes de serem recebidos, os estudantes e funcionários da escola precisaram se mobilizar. Munidos de faixas e cartazes, os jovens chegaram a ocupar o saguão de entrada do prédio da prefeitura em forma de protesto. Inicialmente, o prefeito quis receber uma comissão composta apenas pelos alunos, o que foi negado, pois foi reivindicada a presença de um adulto para a negociação. O pedido acabou aceito e a orientadora educacional pôde participar da reunião.

– Ele ficou muito comovido com a maturidade dos alunos e percebeu que somos uma escola que temos muito amor, tanto por parte dos nosso alunos como pela nossa parte. O que a gente quer é a união das crianças e não dividi-las por outras escolas. Queremos todos no mesmo prédio. Ele falou: “pode deixar que vocês vão continuar” e nós acreditamos porque sabemos que a luta é de todos. É dele, é nossa, e nós queremos o melhor para a comunidade escolar – comentou Nanci.

Alunos protestam na Prefeitura de Cabo Frio contra fechamento da E.M. Luiz Lindenberg

Ao mesmo tempo, o secretário de Governo, Miguel Alencar, recebeu outra comissão, composta por outros estudantes da escola, representantes do Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe Lagos) e de entidades estudantis para tentar resolver o impasse. Os vereadores Vanderlei Bento (PMB) e Rafael Peçanha (PDT) também participaram da reunião paralela.

O principal argumento da comunidade escolar do Luiz Lindenberg para manter a unidade aberta até a inauguração do novo prédio é que o município não terá novas despesas além das que já possui com o aluguel de um espaço alternativo. Atualmente, a prefeitura gasta R$ 5 mil mensais de aluguel para usar as instalações da comunidade Santos Anjos Custódios, na Praia do Siqueira. O fechamento, ainda que temporário, da escola teria impacto sobre cerca de 240 estudantes, que seriam realocados em outras unidades da rede municipal.

Entretanto, para que a promessa do prefeito tenha efeito prático, ele terá que revogar o decreto nº 6.127, publicado na semana passada. Os estudantes prometem pressionar para que isso aconteça o quanto antes.

– A gente aguarda um posicionamento e que ele publique essa revogação, mas se isso não acontecer, não tem problema; na semana que vem, a gente está aqui na prefeitura ocupando de novo e quantas vezes for preciso para manter as escolas abertas – anuncia a presidente da Associação Cabofriense dos Estudantes, Chantal Campello Ferraz.

A Prefeitura de Cabo Frio já anunciou que vai realizar no próximo dia 27 a licitação para contratar a empresa responsável pela construção do novo prédio da escola Luiz Lindenberg. O antigo prédio, no Guarani, foi demolido em março deste ano por estar com a estrutura comprometida.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 29 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições na porta de casa, de terça a sábado. Ligue já: (22) 2644-4698.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.