Assine Já
sexta, 14 de maio de 2021
Região dos Lagos
24ºmax
17ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 38094 Óbitos: 1459
Confirmados Óbitos
Araruama 9614 300
Armação dos Búzios 4695 57
Arraial do Cabo 1317 69
Cabo Frio 10146 538
Iguaba Grande 3800 93
São Pedro da Aldeia 5248 227
Saquarema 3274 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
CEDAE

"Acredito em sabotagem", diz Witzel sobre água contaminada

Para ele, problema pode ter ligação com leilão da Cedae

20 janeiro 2020 - 15h10Por Rodrigo Branco
"Acredito em sabotagem", diz Witzel sobre água contaminada

O governador do Rio de Janeiro, Wilzon Witzel, disse hoje (20) que acredita que os problemas no fornecimento de água no Rio de Janeiro foram causados por sabotagem na Companhia Estadual de Águas e Esgotos.

Witzel esteve na inauguração do programa Segurança Presente, em Copacabana, e disse que a suspeita está sendo apurada pela Polícia Civil, que chegou a ouvir funcionários da companhia e foi à Estação de Tratamento de Água do Guandu, na semana passada.

"Eu, particularmente, não acredito [em incompetência]. Eu acredito e está sendo apurada uma sabotagem, por conta do leilão. Há muitos interesses envolvidos nesse leilão. Pedi à policia que apurasse", disse o governador.

O leilão a que ele se refere é a privatização da Cedae, que o governo do estado pretende realizar ainda neste ano, concedendo grande parte dos serviços da companhia, que atende 64 dos 92 municípios do estado, incluindo a capital.

Desde a primeira semana do ano, cariocas têm reclamado de alterações de gosto, cheiro e cor na água que chega às residências. Segundo a Cedae, uma substância produzida por algas chamada geosmina deixou a água com gosto e cheiro de terra, mas sem prejuízos à saúde.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.