sexta, 01 de março de 2024
sexta, 01 de março de 2024
Cabo Frio
26°C
Park Lagos mobile
Geral

“A Folha dos Lagos é um exemplo de que o Jornalismo Impresso existe”

A importância histórica da Folha sob diferentes pontos de vista

30 abril 2019 - 10h01
“A Folha dos Lagos é um exemplo de que o Jornalismo Impresso existe”

O barulho constante da máquina de escrever ou o material sendo montado em folha de papel para ser levado para a gráfica remontam o quanto distante estamos da realidade que caracterizava a época do nascimento da Folha. Os tempos longínquos são proporcionais à importância histórica dos 29 anos de fundação do jornal. Em quase três décadas, a Folha dos Lagos reporta o cotidiano das cidades da Região dos Lagos e entra para a história como o jornal impresso mais longevo.

- Fazer hoje jornalismo no interior do Estado do Rio de Janeiro é quase um ato de resistência e um sacerdócio pela profissão. Os jornalistas profissionais sofrem as mais variadas pressões, perseguições e todos tipos de desqualificação da profissão. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, na qual sou presidente, tem trabalhado pela dignidade da profissão e neste sentido, temos viajado pelo interior para saber das demandas da classe e as propostas para defendermos na convenção com om patronal – declara o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, Mário Sousa.

O experiente jornalista ressalta que o feito do jornal chegar a quase três décadas se destaca ainda mais por se tratar de um veículo do interior.

- Se os jornalistas resistem, as pequenas e médias empresas sérias de comunicação também resistem. Não é fácil manter um jornal no interior com seriedade, seja semanal ou diário, tendo em vista a situação do mercado e as novas ferramentas tão contraditórias na rede social. E mais: lembrar também que  apenas uma empresa de Comunicação no País abocanha mais de 50% da verba publicitária pública. A Folha dos Lagos é um exemplo de como se pode fazer jornalismo com seriedade no interior do Estado do Rio de Janeiro. Chegar a quase três décadas de circulação, informando, opinando, criticando, com uma equipe de bons profissionais,  nos dá a certeza de que é possível fazer jornalismo comprometido com a verdade com os fatos – diz Mario, que completa:

- A Folha dos Lagos é um exemplo de que o Jornalismo Impresso existe e resiste e se contrapõe a esta banalização da notícia na Rede Social e das fake news. Parabéns a Folha dos Lagos!

O também jornalista e empresário, Carlos Cunha, que é presidente da Associação de Hotéis, Gastronomia, Comércio e Turismo, define como “louvável” a longevidade da Folha.

- A Folha é uma referência em jornalismo na região. O fato de ser o único jornal diário de Cabo Frio é louvável. Com tantas dificuldades que a iniciativa privada atravessou ao longo destes 29 anos, a Folha com sua credibilidade inquestionável faz parte da nossa história, e se manter de pé é um ato heroico de resistência! – define o empresário.

Da nova geração do jornalismo, Juliana Rodrigues, coordenadora de Comunicação da Prefeitura de Arraial do Cabo, afirma que a tecnologia não sobrepõe o impresso e explique porquê.

- O jornal impresso garante que as informações não sejam perdidas em meio a tecnologia. Além disso, o impresso retrata a cultura e história da cidade, se aprofundando nos temas de interesse dos moradores. Não podemos esquecer também da manutenção da democracia, através da apuração das notícias, o que reforça a credibilidade de um jornal – finaliza Juliana.

O presidente da Câmara de Vereadores de Cabo Frio, Luis Geraldo,  cita o filósofo Bertold Brecht para falar do aniversário:

- Lembrando o filósofo Bertold Brecht, nesta importante data podemos dizer que: “Há pessoas que lutam um dia, e são boas; Há outras que lutam um ano, e são melhores; Há aquelas que lutam muitos anos, e são muito boas; Porém há as que lutam toda a vida; Estas são as imprescindíveis.” O Jornal Folha dos Lagos durante seus 29 anos de existência tem mostrado com suas contribuições, que suas matérias e trabalhos jornalísticos são imprescindíveis para Cabo Frio e Região dos Lagos. Parabéns pelo aniversário do Jornal."

O presidente da OAB de Cabo Frio, Kelven Lima, ressalta a importância do jornalismo diante do perigo das fakenews.
– Em tempos onde as notícias chegam com grande velocidade pelas redes sociais, devemos sempre verificar a fonte, para não propagarmos fakenews. É extremamente necessário que a fonte seja verificada, e somente com um jornalismo sério e comprometido é que podemos ter certeza das ocorrências em nossa região. E por tal credibilidade é que temos sempre que mantermos informados por fontes confiáveis.