Assine Já
sábado, 11 de julho de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 344 Confirmados: 3380 Óbitos: 195
Suspeitos: 344 Confirmados: 3380 Óbitos: 195
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 266 7
Arraial do Cabo 16 84 11
Cabo Frio X 1035 63
Iguaba Grande 12 241 20
São Pedro da Aldeia 10 530 19
Saquarema 32 566 33
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabo Frio

A educação financeira do jeito que as crianças gostam de ler

Livro com método lúdico-interativo será lançado dia 21 no Fórum Mundial de Educação

13 maio 2015 - 10h02
A educação financeira do jeito que as crianças gostam de ler

Facilitar o aprendizado de crianças, adolescentes, e até mesmo de adultos, de forma lúdica e interativa. Esta é a proposta do método desenvolvido e testado por quatro anos na Rússia pela escritora Ana Pregardier, que lança o livro “Educação Financeira – Jogos para sala de aula”. O lançamento acontece no próximo dia 21, no Fórum Mundial de Educação, Literatura e Inclusão Social, em Salvador (BA). A obra é vendida em Cabo Frio pela Editora Comunicação (2644.2164).

O objetivo da nova ferramenta é iniciar o aprendizado dentro da escola e o livro auxilia professores na elaboração do plano de aula. Ao todo são 22 atividades, sendo oito para o ensino infantil onde o professor pode utilizar em média uma por mês, e mais 14 exercícios para o ensino fundamental, com média de duas atividades por mês.

Autora de oito jogos de educação financeira, três livros e cinco e-books, a ideia de Ana era transformar o tema, espinhoso até para adultos, em atividades lúdico-interativas para atrair crianças sobre a necessidade de como lidar com dinheiro e a importância dele no dia a dia. As atividades, segundo ela, são interessantes também para adultos.

– O importante para a criança é que a experiência se torne vivencial e o game, por si só, tem essa capacidade, de trazer para o dia a dia da criança. Por isso também a escolha da linguagem de jogos, assim como das mídias digitais – explicou a autora de “A aventura da economia”, “A flor que dançava” e “A origem do dinheiro”.

Entre os jogos, destaque para “O que vem primeiro”, “Buscando meus sonhos”, “Mistérios da economia” e “NIS – Necessário, Importante, Supérfluo”, para crianças a partir dos 10 anos. Segundo ela, o desenvolvimento do método Lúdico-Vivencial de Formação de Hábitos Financeiros surgiu a partir da vontade de unir dois de seus interesses pessoais: finanças e crianças. O estudo começou em 2008 e a publicação da tese dois anos depois.

Após aprovação teve início a criação dos jogos, as formas de aplicação, bem como os testes, que foram feitos na Rússia uma vez que o Brasil não possui este processo. Apesar disso, o método é reconhecido cientificamente junto à entidades acadêmicas brasileiras.

– São materiais importantes para a criança e um bom exemplo é o NIS. São as escolhas que fazem a educação financeira porque o dinheiro é um meio, não é só para juntar ou guardar – explicou.

O NIS está disponível online no intusforma.com.br/eleganteonline e o material para aquisição pode ser encontrado na Editora Comunicação na Rua Raul Veiga, 153 sala 317.

Sobre a autora – Graduada em Administração de Empresas pela Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos), em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, desenvolveu o método concomitante à especialização em Psicologia pela Universidade Estatal de São Petersburgo, na Rússia. Atualmente cursa Mestrado em Educação pela Universidad de los Mambos, em Santiago, no Chile, e Especialização em Neurociência Clínica pela AVM Faculdades Integradas, em Manaus.

 Possui especializações em Gerenciamento de Projetos, pela Fundação Getúlio Vargas e em Gestão do Conhecimento, Paradigma Ontopsicológico (interdisciplinar) e de Gestão de Negócios e Business Intuition junto a Antonio Meneghetti Faculdade (AMF), no Rio Grande do Sul. É autora de livros didáticos, artigos científicos, além de congressista nacional e internacional especializada no tema.