Assine Já
segunda, 24 de fevereiro de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
20ºmin
Apartamento
ESPORTES

Talento cabofriense no Sub-20 do Botafogo

Rafael Navarro faz parte da equipe alvinegra de aspirantes que disputa o Carioca

20 janeiro 2020 - 17h58Por Redação

Não é apenas pelo Tricolor Praiano que Cabo Frio está representado nos gramados deste Campeonato Carioca. O atacante Rafael Navarro, de 19 anos, foi criado entre a Praia do Siqueira e o Jardim Caiçara, revelado nos campinhos da cidade, e agora tem a oportunidade de vestir a camisa do Botafogo, que atua nas primeiras rodadas do torneio com uma equipe de aspirantes. 

No sábado, ele começou no banco, entrou aos 31 minutos do segundo tempo, durante a derrota para o Volta Redonda, na Cidade do Aço, e teve atuação discreta. Quebrado o gelo da estreia, Rafael espera ter melhor sorte na partida desta terça-feira (21) contra o Madureira, às 16h, em Conselheiro Galvão, e convencer o técnico do time profissional, Alberto Valentim, a ficar no elenco principal ao longo da temporada. 

De certa forma, o destino já tratou de dar uma mãozinha. O atleta formado no Fluminense veio contratado do Atlético Goianiense para jogar no time sub-20 do Alvinegro carioca. Como o prazo para inscrições para a Copa São Paulo de Juniores havia estourado, acabou puxado para o time de cima na pré-temporada. O jovem é membro de uma ‘família da bola’, entre ele,s o atacante André, do Grêmio, e do volante Marcos Marins, que atuou na Cabofriense por dez anos, entre 1999 e 2009. Segundo o primo Marcelo Santos, uma das principais virtudes do jogador é a versatilidade.

– Ele começou nas escolinhas de Cabo Frio. Gosta muito de jogar bola. Com 12 anos, ele foi para o Fluminense, mas como volante. Depois passou para a meia e agora, no primeiro ano júnior dele, começou a ser centroavante. Tem muita força e habilidade – elogia Marcelão, que destaca ainda uma passagem de Rafael Navarro pela Seleção Sub-15, ao lado do ex-flamenguista Vinicius Junior, entre 2013 e 2014. 

Em fase de reestruturação e com poucos recursos, o clube de General Severiano pode ser a vitrine ideal para o artilheiro que, dependendo do desempenho, pode ver o assédio começar a crescer nas próximas visitas aos familiares que fizer na Praia do Siqueira e no Jardim Caiçara. 

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 29 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições na porta de casa, de terça a sábado. Ligue já: (22) 2644-4698.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.