Assine Já
terça, 22 de junho de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
16ºmin
Alerj2
Alerj3
TEMPO REAL Confirmados: 43349 Óbitos: 1676
Confirmados Óbitos
Araruama 10701 336
Armação dos Búzios 5211 57
Arraial do Cabo 1501 83
Cabo Frio 11551 622
Iguaba Grande 4461 107
São Pedro da Aldeia 5895 260
Saquarema 4029 211
Últimas notícias sobre a COVID-19
seleção

Seleção feminina de Cabo Frio enfrenta Estados Unidos sub-19

Jogo começará às 16h, no Correão, em São Cristóvão, nesta quarta-feira (5)

04 abril 2017 - 15h03
Seleção feminina de Cabo Frio enfrenta Estados Unidos sub-19

Cabo Frio vai sediar nesta quarta-feira (05) um amistoso internacional de Futebol Feminino. A Seleção da cidade enfrentará os Estados Unidos, às 16h, no Correão. A entrada para assistir a partida será gratuita. Os donos da casa jogarão com a equipe adulta, enquanto as americanas com o time sub-19.

A Seleção Norte-Americana está no país para uma série de treinamentos e amistosos, visando a uma experiência internacional para as jovens que futuramente estarão competindo com a Seleção adulta do país. As americanas estão desde o último domingo na cidade e se despedirão de Cabo Frio apenas no final de semana. Entre atletas, comissão e familiares são mais de 30 pessoas.

Cabo Frio vai para a partida com o que tem de melhor. A Seleção local tem uma mescla de atletas experientes e jovens, sob o comando do professor e treinador Djalma Leite, que enalteceu a importância do amistoso internacional.

"Esse amistoso é um incentivo para o desenvolvimento da modalidade na cidade, além da preparação da equipe para as competições no ano, como por exemplo o Campeonato Estadual. É muito importante pra nós esse intercâmbio com a cultura e o futebol americano, afinal é o melhor futebol da modalidade no mundo", concluiu Djalma.

A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer apoia o evento e o secretário José Antônio Odilon ressaltou a importância do resgate do esporte.

"A realização de um amistoso internacional mostra que Cabo Frio está se preparando para receber grandes eventos esportivos. Pegamos o Esporte em estado crítico, mas com muito trabalho estamos colocando no eixo e os frutos começam a aparecer" – concluiu José Antonio Odilon.