Assine Já
quarta, 05 de agosto de 2020
Região dos Lagos
24ºmax
12ºmin
Alerj
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 4670 Óbitos: 265
Confirmados Óbitos
Araruama 816 49
Armação dos Búzios 357 9
Arraial do Cabo 120 12
Cabo Frio 1488 87
Iguaba Grande 334 23
São Pedro da Aldeia 736 35
Saquarema 819 50
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabofriense

Frustração na Ilha: Cabofriense perde na Copa Rio para a Portuguesa

Com nova derrota, Tricolor encerra o primeiro turno sem nenhuma vitória

24 setembro 2015 - 10h51

Ainda não foi desta vez que a Cabofriense beliscou sua primei­ra vitória na Copa Rio. A equipe comandada por Edson Souza foi derrotada, na tarde desta quarta-feira (23), por 1 a 0 pela Portuguesa, na Ilha do Governador. Com o resultado, o Tricolor fechou o primeiro turno com dois empates e duas derrotas em quatro jogos, e ocupa a lan­terna do Grupo D da competição.

O melhor resultado do clube até agora foi um empate em 1 a 1 fora de casa contra o Bonsucesso. Fora isso, 2 a 2 com o Tigres do Brasil, em casa, na estreia, e duas derrotas: em casa para o Nova Iguaçu e a de quarta (23), para a Por­tuguesa da Ilha do Governador.

A Cabofriense tem dois pontos ao fim do primeiro turno. Em seu grupo, o D, lidera a Portuguesa, agora com oito pontos. Bonsu­cesso e Tigres têm seis pontos cada, enquanto o Nova Iguaçu soma apenas três: justamente a vitória contra o Tricolor.

Edson Souza terá, agora, uma semana para ajeitar a equipe até o próximo compromisso, quarta que vem, fora de casa, contra o Tigres do Brasil. A partida, váli­da pela quinta rodada do grupo, acontecerá no Estádio de Los Lá­rios, às 15h, com transmissão da Rede Litoral News (Canal 11).

O jogo – A Cabofriense bus­cou o resultado desde os primei­ros minutos de jogo, e chegou a ter boa chance após boa trama entre Kunzel, Rodrigo Dias e Bruno. A equipe anotou o gol, que foi anulado pela arbitragem.

A Portuguesa da Ilha equili­brou o jogo, mas a Cabofriense seguiu firme e teve boas chances.

Mas o segundo tempo foi da Portuguesa, que pressionou até o gol sair. Numa jogada rápida, Pagodinho ligou o contra-ataque pelos flancos e acionou o lateral Diego Maia, que cruzou para o atacante Bruno Andrade fazer o gol da vitória da Lusa.