Assine Já
quinta, 24 de junho de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
16ºmin
Alerj2
Alerj3
TEMPO REAL Confirmados: 43614 Óbitos: 1679
Confirmados Óbitos
Araruama 10812 339
Armação dos Búzios 5233 57
Arraial do Cabo 1501 83
Cabo Frio 11637 622
Iguaba Grande 4486 107
São Pedro da Aldeia 5916 260
Saquarema 4029 211
Últimas notícias sobre a COVID-19
Fernando Bob

Fernando Bob é maior ladrão de bolas do Brasileirão

Volante cabofriense do Internacional-RS já tem 20 desarmes na competição

15 junho 2016 - 09h27Por Gabriel Tinoco
Fernando Bob é maior ladrão de bolas do Brasileirão

Natural de Cabo Frio, volante foi revelado para o futebol no Fluminense (Divulgação)

Enquanto o Internacional lidera o Brasileirão, o volante cabofriense Fernando Bob se destaca como o maior ladrão de bolas do campeonato. O jogador fez 20 desarmes e se mantém no topo do ranking do Brasileirão ao lado do também cabeça de área Márcio Araújo (Flamengo) e do meia Bruno Caio (Botafogo).

No início da temporada, o técnico Argel buscou três reforços para a disputa pela bola no meio-campo: Fernando Bob, Fabinho e Rodrigo Dourado. Dentre os três, Fernando Bob é de longe o mais eficiente na marcação. Além dos números desta edição, no ano passado, o volante foi o segundo maior ladrão de bolas do campeonato, com 86 roubadas em 34 partidas – o primeiro foi o volante Otávio (Atlético Paranaense), com 96 desarmes em 32 jogos.

O Internacional, por sinal, tem a defesa menos vazada da competição, com apenas três gols em sete jogos. O Colorado encara o Atlético Mineiro amanhã, no Beira Rio, em Porto Alegre (RS), às 19h30, sem Fernando Bob, que cumpre suspensão por ter levado o terceiro amarelo. O volante deverá ser substituído por Rodrigo Dourado.

No ano passado, Bob foi eleito o mais faltoso do campeonato (100 obstruções). O cabofriense continua nessa liderança negativa com 23 faltas até então. Mas o volante não pode ser considerado desleal. Fernando Bob recebeu três cartões amarelos até agora no Brasileirão. Fernando não foi expulso em nenhuma partida.

As atuações de Fernando Bob pela Ponte não demoraram a chamar atenção dos gaúchos. O jogador firmou vínculo de seis meses de empréstimo, com opção de renovação por dois anos e meio com o clube. Antes da Ponte Preta, Fernando Bob teve passagens por clubes de ponta do futebol brasileiro, como o Fluminense e o Vitória.

Mas foi na Ponte que o cabofriense ganhou destaque. No melhor momento, o jogador fez um golaço no tradicional Velez Sasfield (ARG) na vitória da Ponte Preta por 2 a 0 pela Sul Americana de 2013. O clube do interior de São Paulo chegou à final do torneio continental. Fernando deu um chapéu no goleiro e cabeceou para o gol vazio.