Assine Já
quarta, 08 de julho de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
TEMPO REAL Suspeitos: 307 Confirmados: 3144 Óbitos: 189
Suspeitos: 307 Confirmados: 3144 Óbitos: 189
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 261 601 41
Armação dos Búzios X 265 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 959 61
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 17 500 18
Saquarema 7 518 31
Últimas notícias sobre a COVID-19
Estádios vazios

Estádios vazios, cofres vazios

Cabofriense segue com baixa média de público e arrecadação pequena

26 fevereiro 2016 - 11h51
Estádios vazios, cofres vazios

Correão teve capacidade limitada pelos Bombeiros por questões de segurança – Foto: Arquivo Folha

 

Há quase um mês sem o Correão, a Cabofriense também não pode nem contar mais com o apoio dos torcedores neste Campeonato Carioca. O time sofre com a baixa média de público (889 pessoas) que mantém a arrecadação bem baixa (R$ 5.2585). Para se ter ideia, a última partida em Cabo Frio foi contra o América, no último dia 31, mas com capacidade limitada para 500 torcedores – ordem do 18º Grupamento Bombeiro Militar pelo estádio não atender aos requisitos de segurança. O cálculo leva em conta as cinco primeiras rodadas da competição.

Mas a Cabofriense segue o padrão do campeonato. Os grandes cada vez menos arrastam bons públicos aos jogos – principalmente os no interior do estado. Por enquanto, o clube mais popular do país permanece na liderança das torcidas. O Flamengo possui média de 13.367 pessoas. Curiosamente, o maior público da competição foi o Fla-Flu do fim de semana passado, vencido pelo Rubro Negro por 2 a 1, no Mané Garrincha, em Brasília: 32.024 pessoas. O palco da partida seria o Maracanã, que teve show da banda de rock Rolling Stones e agora está entregue ao Comitê Olímpico Internacional (COI) para as Olimpíadas desse ano.

Em seguida, o time que mais torcedores levou ao estádio foi o atual campeão Vasco da Gama. O Cruzmaltino foi assistido por 37.125 pessoas até agora, com uma média de 7.425. O maior público do Vasco no campeonato foi no clássico contra o arquirrival Flamengo, vencido pelos vascaínos por 1 a 0, em São Januário, visto por 14.364 pessoas.

O Fluminense vem na terceira posição com mais uma média baixa: 7630. O clube manifestou interesse em disputar a ‘Primeira Liga’ e, junto com o Flamengo, liderou o movimento de oposição aos atuais dirigentes da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Fferj). No mesmo embalo do time, parte dos torcedores do Fluminense fizeram o pedido de boicote à competição para o restante da torcida.

Ao que parece, os alvinegros estão céticos com o time ultimamente. O clube lidera o Grupo B da competição, com 15 pontos (100% de aproveitamento), mas os torcedores ainda estão parecem pessimistas pela disputa da Série B no ano passado. O clube levou 10754 pessoas nesse Estadual e a média de público é a menor entre os grandes: 2150.