Assine Já
quinta, 29 de julho de 2021
Região dos Lagos
17ºmax
13ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46093 Óbitos: 1865
Confirmados Óbitos
Araruama 11325 353
Armação dos Búzios 5456 57
Arraial do Cabo 1564 87
Cabo Frio 12599 755
Iguaba Grande 4756 114
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabo Frio

E​quipe de Canoa de Cabo Frio está entre as quatro melhores do Mundo

As atletas cabofrienses representaram o Brasil em competição na Austrália

19 agosto 2019 - 14h44
E​quipe de Canoa de Cabo Frio está entre as quatro melhores do Mundo

A equipe cabofriense Mana Brasil Clube Náutico de Cabo Frio (CNCF) ficou entre as quatro melhores do mundo no Mundial de Longa Distância 2019 de Canoa Polinésia (Va’a). A competição aconteceu entre os dias 9 a 16 de agosto em Sunshine Coast, na Austrália.

A equipe composta por seis atletas com mais de 40 anos ficou com a quarta colocação na prova da categoria V6 Master 40 feminina em um percurso de 24 quilômetros, estando atrás das anfitriãs Australianas (1º lugar), das atletas da Nova Zelândia (2º lugar) e do Havaí (3º lugar). Nove países participaram do campeonato: Austrália, Brasil, Canadá, Califórnia, Hawaí, Hong Kong, Nova Zelândia, Tahiti e Singapura.

As atletas, que fizeram parte da delegação representada pela Confederação Brasileira de Va’a (CBVAA), alcançaram um nível altíssimo de rendimento e representaram muito bem o país ficando entre os quatro melhores do esporte no mundo.

Atleta, treinadora e capitã da equipe, Dayone Rossi avaliou a posição conquistada e comemorou bastante o resultado.  “Avalio como um grande aprendizado. Nessas competições podemos ver como o Brasil precisa apoiar atletas para conquistas internacionais e mundiais. Fizemos uma excelente participação, remamos muito. O quarto lugar veio como se estivéssemos no pódio. Estamos muito felizes. Até o momento somos a equipe brasileira com a melhor colocação nesse mundial”, afirmou.

A Mana Brasil CNCF é composta por seis atletas: Dayone Rossi, Mariana Santa Roza, Alice Nassif, Marta Terra, Simone Rená e Alisa de Lalor. A equipe nasceu em 2012 pelo ideal da professora de Educação Física, atleta e atual capitã Dayone Rossi de formar um pequeno grupo de amigas e remadoras de OC1 (canoas individuais) para competir na categoria V6 (com 6 pessoas). Desde então, elas disputaram diversos estaduais, brasileiros e sul-americanos na Argentina, Chile, Peru e Brasil, sendo Tricampeãs Master da América do Sul em 2018. O maior título foi o Mundial de 2014, com ouro na categoria Master e prata na Open.