Assine Já
segunda, 06 de abril de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
18ºmin
bebeto

Craques do futebol brasileiro entram em campo em São Pedro

Bebeto, Fábio Luciano e Júlio César jogam em nome da solidariedade

17 maio 2014 - 21h48Por Gabriel Tinoco
Craques do futebol brasileiro entram em campo em São Pedro

Craques consagrados do futebol brasileiro agitaram São Pedro da Aldeia na manhã deste sábado (17). O tetracampeão Bebeto, uma das estrelas da partida, se uniu a jogadores como Fábio Luciano e Júlio César para ajudar comunidades carentes do município. Nomes bastante esperados como Adílio e Dedé não compareceram ao evento, que começou com um pouco de atraso. O prefeito Cláudio Chumbinho e o tenente-coronel Ruy França também entraram em campo. O Embala Rio, time do tetracampeão Bebeto, venceu o São Pedro por 4 a 1. Os gols foram marcados por Gilmar, Fábio Luciano, Bebeto e Fabrício Carvalho. Edmílson descontou para os donos da casa.

- Eu e Ronaldo (Fenômeno) não tivemos a oportunidade de disputar a Copa do Mundo no nosso país, mas creio que o Felipão é um excelente técnico e vai conseguir manter o grupo forte. Agora, recebi a oportunidade de estar aqui para fazer uma grande festa e também ajudar pessoas carentes - comentou o tetracampeão.  
Bebeto esteve mancando na maior parte da partida. Mesmo assim, o ex-atacante teve lampejos da época em que era jogador e acertou belo chute no travessão. O tetracampeão marcou um gol em finalização forte e novamente fez o gesto que eternizou sua carreira: a comemoração o embalo do bebê. O craque saiu dos gramados poucos minutos depois diante de muitos aplausos da torcida.

Fábio Luciano, ídolo de Flamengo e Corinthians, esteve animado para vencer o jogo beneficente. Mas o pensamento do zagueiro estava nas ações de caridade.
- É a maneira que temos de retribuir o talento que Deus nos deu. É a primeira vez que venho na cidade e já quero ajudar os moradores daqui com a arrecadação da partida. O nosso trabalho é para poder fazer do mundo um lugar melhor. Estamos satisfeitos em dar uma contribuição para quem precisa. É, de fato, muito gratificante. 
Júlio César, o Uri Geller, demonstrou a mesma habilidade dos tempos em que fazia os torcedores vibrarem no Maracanã com dribles. O ex-ponta deu um lençol e distribuiu passes de imensa categoria.

- Não podemos dar shows quando estamos com 60 anos. Mas venho treinando e jogando todos os dias para poder dar o melhor. Estamos velhos, mas ainda dá para tentar algum lance - brincou o Rubro Negro.