Assine Já
terça, 22 de setembro de 2020
Região dos Lagos
19ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7914 Óbitos: 414
Confirmados Óbitos
Araruama 1580 102
Armação dos Búzios 474 10
Arraial do Cabo 231 13
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabofriense

Cabofriense pega Macaé para subir no Carioca

Time vai contar com apoio da torcida; entrada pode ser trocada por garrafas PET

31 março 2016 - 12h13Por Gabriel Tinoco
Cabofriense pega Macaé para subir no Carioca

A última vitória, suada, não só livrou a Cabofriense por ora da zona do rebaixamento, como também deu um ânimo a mais para o time alavancar de vez no Campeonato Carioca. O time tem uma difícil missão pela frente: vencer o líder Macaé, hoje, às 19h30. A partida é válida pela quarta rodada do Grupo D, que equivale à disputa da Taça Rio.

A vitória pode significar para a Cabofriense um passo importante rumo a liderança da chave. O ambiente no Correão é que o estádio tem sido fundamental para a equipe no campeonato. O meia Franco, um dos destaques do time ressaltou a necessidade da segunda vitória consecutiva
na competição.

– O time vinha de resultados em que conseguia produzir um bom jogo, mas não saía de campo com a vitória. Na última partida foi diferente. É muito
importante para nos colocar na briga novamente. Buscamos uma sequência de vitórias para dar confiança, a confiança que o nosso grupo precisa para alavancar na competição – disse.

O meia também lembrou da importância do fator casa para engrenar no campeonato. Para estimular a torcida, a diretoria manteve a estrtaégia adotada na última partida: a de trocar uma entrada por pelo menos uma garrafa do tipo PET. A promoção foi possível por meio de uma parceria do clube com a Federação de Futebol. 

– Nos sentimos em casa quando jogamos no Correão. Sempre fizemos bons jogos aqui. O estádio tem sido fundamental assim como a participação da torcida – afirmou ele, que reforçou a necessidade da entrega em campo.
– Nossa equipe tem uma característica. Nós buscamos jogar bem para ganhar os jogos. O último jogo, por exemplo, não foi o nosso melhor tecnicamente.

Precisamos impor muita vontade e jogar com o coração para conseguir a vitória. Por isso, durante a semana trabalhamos firme e ajustamos os erros que tivemos contra o Friburguense. Se a Cabofriense sair de campo com a vitória, igualará os sete pontos do adversário. O Macaé, na rodada passada, tropeçou diante do lanterna Bonsucesso com o empate de 1 a 1. Com isso, o time viu o Tigres encostar na tabela com a mesma pontuação. Logo em seguida, vem o Resende na terceira posição.

Escalações: 

Cabofriense – Andrey, Júlio Lopes, Juliano, Raphael Andrade, Leandro, Gilson, Pedro Henrique, Franco, Keninha, Maicon Souza e Igor Luiz. Técnico: Eduardo Hungaro.

Macaé – Willian Alves, Gedeílson, Kleber Viana, Thiago Cardoso, Dieguinho, Dos Santos, Fabrício Baiano, Marquinho, Rondinelly, Bruno Luiz e Jones. Técnico: Tita.

Arbitragem – Leandro de Lima e Silva, auxiliado por Luiz Antônio Muniz de Oliveira e Pedro Henrique Tavares da Eira.