Assine Já
quinta, 21 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21341 Óbitos: 711
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
Taça Rio

Cabofriense fica no empate sem gols e time entra na zona da degola

Na volta ao Correão, Tricolor não consegue furar o bloqueio do Tigres

20 março 2016 - 17h05
Cabofriense fica no empate sem gols e time entra na zona da degola

Partida foi truncada e teve poucos momentos de emoção (Foto: Divulgação - Andreia Maciel)

A volta ao estádio Correão não significou o reencontro com as vitórias. Na noite deste sábado (19), em partida de poucas emoções, a Cabofriense não passou de um empate sem gols com o Tigres do Brasil e terminou a segunda rodada da Taça Rio na zona de rebaixamento, com apenas um ponto ganho. A rigor, na primeira etapa, o Tricolor Praiano teve apenas duas chances. Aos 12 minutos num chute de longe de Júlio Lopes e aos 23, em desvio de cabeça de Jardel, em cruzamento de Leandro. No mais, os times pouco se agrediram, com muito estudo de parte a parte.

No intervalo, o técnico Eduardo Hungaro sacou Marquinhos do Sul, herói no jogo contra o time da Baixada na primeira fase, mas que desta vez esteve apagado, e colocou o meia Franco. A alteração não surtiu muito efeito e o jogo continuou arrastado. Aos 19 minutos, o lance mais polêmico da partida. Júlio Lopes, em boa partida, cruzou e a bola bateu no braço do zagueiro Alex Bruno dentro da área. A torcida tricolor pediu a penalidade e foi à loucura quando o juiz Pathrice Maia mandou a jogada seguir. Em outro bom lance aos 31, Júlio Lopes tabelou com Keninha e o chute passou rente à trave. Nos últimos quinze minutos, empurrado pela torcida, o time partiu para o tudo ou nada, mas o placar terminou mesmo em branco.

Precisando muito da vitória, os comandados de Eduardo Hungaro pegam na próxima rodada o Friburguense, sábado (26), de novo no Correão, às 19h30. Já o time da Baixada, que com o resultado assumiu a vice-liderança da Taça Rio, com quatro pontos, recebe o América, na mesma data, às 16h, em Xerém, no estádio Los Larios.

FICHA TÉCNICA

CABOFRIENSE 0 X 0 TIGRES DO BRASIL

Estádio Correão (Cabo Frio- RJ)
 
Cabofriense: Andrey, Júlio Lopes, Juliano, Raphael Andrade, Leandro; Gilson, Maicon Souza, Keninha; Pedro Henrique (Abner), Marquinhos do Sul(Franco) e Jardel (Igor Luiz). Técnico: Eduardo Hungaro.
 
Tigres: Renan, Lucão, Alex Bruno, Thiago Medeiros, Thiago Feltri (Wéverton), Gabriel; Fabiano (Alex Santos), Rosinei, Giovanni, Kelvy e Filipe Adão. Técnico: Cássio Barros
 
Árbitro: Pathrice Wallace Corrêa Maia, auxiliado por Daniel do Espírito Santo Parro e Wallace Muller Barros Santos.
 
Cartão amarelo: Pedro, Juliano, Pedro Henrique, Abner, Igor Luiz, Franco (CAB); Thiago Feltri (TIG)
Público: 843 pagantes (1.431 presentes)
Renda: R$ 5.395,00