Assine Já
sábado, 11 de julho de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 344 Confirmados: 3380 Óbitos: 195
Suspeitos: 344 Confirmados: 3380 Óbitos: 195
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 266 7
Arraial do Cabo 16 84 11
Cabo Frio X 1035 63
Iguaba Grande 12 241 20
São Pedro da Aldeia 10 530 19
Saquarema 32 566 33
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabofriense

Cabofriense estreia na Seletiva do Carioca contra o Tigres 'sem direito de errar'

Técnico Junior Lopes ressalta importância de não perder pontos em competição curta

11 janeiro 2017 - 11h33Por Texto: Gabriel Tinoco | foto: Divulgação
Cabofriense estreia na Seletiva do Carioca contra o Tigres 'sem direito de errar'

A seletiva que definirá quem permanece na elite do futebol carioca é tiro curto: todos jogam contra todos em turno único – os times participantes são Cabofrienses, Tigres do Brasil, Portuguesa, Bonsucesso, Nova Iguaçu e Campos. A Cabofriense, portanto, precisará entrar em ritmo de temporada para não deixar a classificação escapar. O técnico Junior Lopes, 43, há duas décadas no futebol e filho do vitorioso técnico Antonio Lopes, demonstra satisfação com o trabalho, mas pede cautela aos seus jogadores na estreia, que acontece hoje, às 16h30, contra o Tigres do Brasil, no Estádio Los Larios, em Xerém, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

– Cada jogo é uma decisão. Estamos preocupados com todos adversários. Mas sei que o Tigres é um time muito bem trabalhado, veloz, compacto, com jogadores experientes e de qualidade. É um time que vem para brigar. No ano passado, disputou a primeira divisão. È um dos postulantes às duas primeiras vagas – opina Junior.

O treinador mantém a postura cautelosa para não perder pontos em um campeonato tão curto.

– A preparação tem que ter uma atenção especial por ser uma competição curta. Mas o que vale para nós vale para o adversário. Vamos trabalhar jogo a jogo tentando os três pontos. Claro que em uma estreia fora de casa requer cuidados maiores. Estamos dando atenção a peculiaridades como o calor. Cada gol também será muito importante, porque, por ser uma competição curta, o resultado pode ser decidido no saldo de gols – analisa.

O preparador físico Braulio Pinheiro promete que a equipe estará voando logo na estreia. Como uma derrota pode custar caro para a Cabofriense, Braulio quer todos os atletas com condições físicas na estreia.

– A importância é entrar 100%, porque não há tempo para se recuperar na competição. O time já tem que entrar com ritmo de jogo, pois cada ponto é importante. Isso pode resultar numa classificação.

O preparador técnico revelou que todos os quesitos foram treinados com intensidade na fase de preparação.

– A equipe teve fases de preparação. Uma inicial em Cabo Frio. Depois, fizemos uma pré-temporada em Vassouras de 16 dias. Nos preparamos nas partes física, técnica e tática – comenta.

Braulio aposta no desempenho progressivo para que os jogadores entrem com a melhor preparação para o campeonato.

– Foram feitos vários jogos onde a equipe progrediu a cada jogo. Porque a cada partida era disputada com uma equipe mais difícil. Os atletas jogavam mais tempo também. Foi feita de maneira progressiva – afirma.

O presidente Valdemir Mendes, por sua vez, demonstra confiança no elenco montado para esta temporada.

– A expectativa é grande para fazer um grande campeonato. No papel, o time está interessante. Já disputou alguns amistosos, mas treino é treino e jogo é jogo. Depois que a bola rolar, tudo vai se acalmando.