Assine Já
terça, 22 de setembro de 2020
Região dos Lagos
19ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7847 Óbitos: 412
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 473 10
Arraial do Cabo 231 13
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
cabofriense

Cabofriense decide nesta terça se aplica plano B

Ídolo, Têti assume Cabofriense na Copa Rio caso Roy acerte com outro clube

14 março 2017 - 08h30
Cabofriense decide nesta terça se aplica plano B

A diretoria da Cabofriense e o técnico Roy se reúnem nesta manhã para definir os últimos detalhes para a disputa da Copa Rio, no segundo semestre. O presidente Valdemir Mendes deixará o treinador livre para negociar com outros clubes – caso ele acerte com algum time, o interino Têti assume a vaga, mas Roy retornará ao Correão em novembro deste ano para a preparação ao Campeonato Carioca.

– Nós vamos conversar para, caso aja algum convite para co- mandar outro clube, ele saia da Cabofriense. Nós faremos a Copa Rio com Têti e Cupim, que vem da base. Têti seria o técnico principal e o Cupim viria para auxiliá-lo. O Roy voltaria no fim de 2017 para disputar o Carioca. Se ele não permanecer em nenhum clube, permanece conosco para a Copa Rio – diz o presidente.

O presidente Valdemir Mendes ainda não pensa em contratações, mas destaca que o time trabalhará cada vez mais a prata da casa.

– Estou resolvendo ainda os empréstimos dos meus jogadores. Não sei quem poderei contratar. Vamos fazer um novo time para a Copa Rio, aprovei- tando o máximo as divisões de base. Por isso, o Cupim estará conosco. Ele auxiliará a trazer os melhores da base para a Copa Rio. Queremos uma integração dos profissionais com os juniores – completa.

O time encerrou a participação no Campeonato Carioca como líder do grupo, com ótimo aproveitamento ao conquistar 16 pontos em seis partidas. No último fim de semana, coroou a campanha com impiedosos 4 a 1 para cima do Campos, no Correão.

Com a classificação garantida, o time teve parte do elenco do Carioca desmantelado. O principal desfalque foi a saída do centroavante Max, artilheiro da Taça Guanabara e atual artilheiro do Carioca, com oito gols. Ele foi transferido para o Inter de Lages (SC) e não disputou as últimas duas partidas.