Assine Já
sábado, 23 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
20ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21896 Óbitos: 720
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 2221 110
Últimas notícias sobre a COVID-19
MISSÃO COMPLICADA

Cabofriense conhece rivais da Série D do Brasileirão

Tricolor Praiano está no grupo 7 com Bangu, Portuguesa, além de clubes paulistas e paranaenses

04 março 2020 - 17h12Por Rodrigo Branco

A Cabofriense não terá vida fácil na sua volta às competições nacionais depois de cinco anos. A CBF divulgou nesta quarta-feira (4) os adversários do Tricolor Praiano na Série D do Campeonato Brasileiro, o que equivale à quarta divisão das competições nacionais. A equipe da  Região dos Lagos está no Grupo 7, juntamente com dois rivais locais – o Bangu e a Portuguesa-RJ – além dos paulistas Mirassol e Ferroviária de Araraquara e os paranaenses Cascavel, Toledo e Nacional.

A chave é considerada complicada. O Mirassol está em segundo lugar no seu grupo, no Campeonato Paulista, atrás apenas do São Paulo. Por sua vez, o Futebol Clube Cascavel está em terceiro lugar no Campeonato Paranaense, no encalço de Coritiba e Athletico- PR. 

O técnico da Cabofriense, Luciano Quadros, comentou sobre a dificuldade do grupo, mas afirmou que a preocupação imediata é sair da situação complicada no Campeonato Carioca, onde se encontra momentaneamente na lanterna geral entre as 12 equipes da competição.

– Os dois times do Rio que, pelos contatos que eu tenho, vão participar com desejo de acesso. Conheço bem o Mirassol e a Ferroviária, que são times fortes e estão muito bem estruturados. O Cascavel também é uma equipe forte que tem intenção de fazer uma campanha de acesso. O grupo é forte, mas não posso comentar muito porque nosso foco está dentro do Campeonato Carioca, para resolver a nossa situação – disse, deixando o futuro nas mãos da diretoria, em termos de elenco e de comissão técnica.

A estreia da Cabofriense  na competição será no dia 23 ou 24 de maio, fora de casa, contra o Cascavel. Na primeira fase, o regulamento prevê jogos contra os adversários do mesmo grupo, em turno e returno, totalizando 14 partidas.

Os quatro melhores de cada grupo passam de fase e começam os jogos eliminatórios, em ida e volta: oitavas, quartas, semis e final. Quem chegar à semifinal garante o acesso à Série C do próximo ano.

Ao todo, 68 clubes disputam a competição dividos em oito chaves. O torneio será disputado de maio até novembro. A Cabofriense conseguiu a vaga ao ficar em 6º lugar no Carioca de 2019. 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.