Assine Já
segunda, 21 de setembro de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabofriense

Cabofriense bate o Tigres e está viva no Carioca

Marquinhos do Sul fez os gols da vitória em Macaé

28 fevereiro 2016 - 09h00Por Foto: Andreia Maciel
Cabofriense bate o Tigres e está viva no Carioca

Marquinhos do Sul (D) foi o herói tricolor no Moacyrzão I Foto: Andreia Maciel (divulgação ACD)

Depois de uma sequência de três derrotas consecutivas, a Cabofriense bateu na tarde deste sábado (27) o Tigres do Brasil por 2 a 0, no estádio Moacyrzão, em Macaé, e manteve as chances de classificação para a próxima fase do Campeonato Carioca. O atacante Marquinhos do Sul foi o destaque tricolor ao marcar duas vezes, ambas no segundo tempo. Depois de um primeiro tempo de poucas emoções, na etapa final o Tricolor Praiano impôs sua superioridade e construiu o placar com naturalidade; aos 16 minutos, após Marquinhos do Sul escorar cobrança de falta de Leandro e aos 38, em bomba de fora da área.

Com o resultado, o time do técnico Eduardo Hungaro chegou aos sete pontos no grupo A, onde agora ocupa momentaneamente a quinta posição entre oito times (os quatro primeiros passam de fase). Para seguir sonhando com o octogonal que vale pela Taça Guanabara, o time da Região dos Lagos precisa vencer o Volta Redonda, na próxima rodada e torcer por tropeços de Fluminense, Portuguesa e Resende nos seus últimos jogos.

Neste domingo, a Lusa pega o América, na Ilha do Governador, às 16h; o Resende vai ao Raulino de Oliveira encarar o Flamengo, às 17h, enquanto o Tricolor das Laranjeiras sobe a Serra apenas na quarta-feira (2), para medir forças com o Friburguense.

FICHA TÉCNICA

CABOFRIENSE 2 X 0 TIGRES DO BRASIL

Estádio Claudio Moacyr de Azevedo (Macaé-RJ)

Cabofriense: Andrey; Julio Lopes (Fabinho Capixaba), Juliano, Rafael Sales e Leandro; Gilson, Pedro, Maicon Souza (Cubango) e Carlinhos; Marquinhos do Sul e Charles Chad (Jardel). Técnico: Eduardo Hungaro.

Tigres do Brasil: Renan; Sérgio Raphael, Thiago Medeiros e Rodrigo Sam; Alex (Lucas Willian), Gabriel (Kelvy), Ayrton (Diogo Sodré), Giovanni e Lucão; Weverton e Fabiano Oliveira. Técnico: Marcelo Cabo.

Árbitro: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho, auxiliado por Carine Belmont Nascimento de Moraes e Fabiana Nobrega Pitta

Cartões amarelos: Julio Lopes, Juliano, Rafael Sales e Fabinho Capixaba (CAB); Thiago Medeiros (TIG)

Gols: Marquinhos do Sul, aos 16 e aos 38 minutos do segundo tempo.

Público: 381 pagantes (489 presentes)

Renda: R$ 5.740,00