Assine Já
segunda, 26 de julho de 2021
Região dos Lagos
26ºmax
14ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 45921 Óbitos: 1853
Confirmados Óbitos
Araruama 11325 353
Armação dos Búzios 5456 57
Arraial do Cabo 1564 87
Cabo Frio 12520 751
Iguaba Grande 4746 114
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4166 218
Últimas notícias sobre a COVID-19
Jogos Pan-Americanos

Atleta de Arraial participa da final do Stand Up Paddle dos Jogos Pan-Americanos

Lena Ribeiro compete nesta sexta-feira (2), a partir das 11 h, pelo horário de Brasília

01 agosto 2019 - 19h38Por Tomás Baggio I Foto: Divulgação
Atleta de Arraial participa da final do Stand Up Paddle dos Jogos Pan-Americanos

A atleta de Arraial do Cabo Lena Ribeiro entra na água hoje, às 11h (horário do Brasil), para a etapa única e final do Stand Up Padle (SUP), na categoria Race, nos jogos Pan Americanos de Lima, no Perú. Lena é uma das esperanças de medalha para o Brasil. Ao meio dia, o atleta de Búzios Vinícius Martins vai disputar a mesma prova na categoria masculina. 

As provas do SUP Race estavam marcadas inicialmente para o domingo. O treinador da delegação brasileira, Américo Pinheiro, explica que a alteração ocorreu em função das condições do mar. 

– A previsão é de que o mar, que já é muito agitado aqui em Punta Rocas, esteja alto demais no domingo. Por isso, foi transferida para esta sexta. Nossos atletas estão muito bem preparados. A prova é de 5 Km e as condições do mar tornam a competição imprevisível. Vamos em busca das medalhas, mas com o mar nessas condições é quase uma loteria, sabemos que tudo pode acontecer – disse ele, direto de Lima.

Assim como o surf, que também teve uma representante da Região dos Lagos, a atleta Karol Ribeiro, de Cabo Frio, que foi eliminada anteontem, esta é a primeira vez que o Stand Up Paddle está inserido nos jogos Pan Americanos. Para Américo, isso traz uma perspectiva de crescimento do esporte.

– Não tenho dúvidas de que o esporte vai crescer muito a partir de agora – afirma o treinador do Time Brasil.

O próximo objetivo é incluir o SUP também nos Jogos Olímpicos, assim como aconteceu com o surf, que irá estrear nas Olimpíadas de Tóquio, em 2020. No caso do Stand Up Paddle, o objetivo é que o esporte seja incluído no próximo ciclo Olímpico, com vistas aos jogos de 2024, em Paris.

No Peru, o Time Brasil conta com o suporte do Comitê Olímpico do Brasil (COB), em parceria com a Confederação Brasileira de Surf (CBSurf), com o apoio de médico, fisioterapeuta, chef de cozinha e até advogado, uma vez que a sede da modalidade fica distante da Vila Olímpica e a delegação está instalada na Casa Surf. A equipe brasileira é coordenada por Rosaldo Cavalcanti, conta com os técnicos Gabriel Macedo, no surfe, e Américo Pinheiro, no SUP, e tem ainda o acompanhamento do presidente da Confederação, Adalvo Argolo.

O Pan de Lima reúne, no total, cerca de 6.580 atletas de 41 países das Américas. Dos 39 esportes, 22 valem como classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. O Brasil levou 485 atletas.