sexta, 21 de junho de 2024
sexta, 21 de junho de 2024
Cabo Frio
26°C
Park lagos
Park Lagos 2
Jogos Pan-Americanos

Atleta de Arraial participa da final do Stand Up Paddle dos Jogos Pan-Americanos

Lena Ribeiro compete nesta sexta-feira (2), a partir das 11 h, pelo horário de Brasília

01 agosto 2019 - 19h38Por Tomás Baggio I Foto: Divulgação
Atleta de Arraial participa da final do Stand Up Paddle dos Jogos Pan-Americanos

A atleta de Arraial do Cabo Lena Ribeiro entra na água hoje, às 11h (horário do Brasil), para a etapa única e final do Stand Up Padle (SUP), na categoria Race, nos jogos Pan Americanos de Lima, no Perú. Lena é uma das esperanças de medalha para o Brasil. Ao meio dia, o atleta de Búzios Vinícius Martins vai disputar a mesma prova na categoria masculina. 

As provas do SUP Race estavam marcadas inicialmente para o domingo. O treinador da delegação brasileira, Américo Pinheiro, explica que a alteração ocorreu em função das condições do mar. 

– A previsão é de que o mar, que já é muito agitado aqui em Punta Rocas, esteja alto demais no domingo. Por isso, foi transferida para esta sexta. Nossos atletas estão muito bem preparados. A prova é de 5 Km e as condições do mar tornam a competição imprevisível. Vamos em busca das medalhas, mas com o mar nessas condições é quase uma loteria, sabemos que tudo pode acontecer – disse ele, direto de Lima.

Assim como o surf, que também teve uma representante da Região dos Lagos, a atleta Karol Ribeiro, de Cabo Frio, que foi eliminada anteontem, esta é a primeira vez que o Stand Up Paddle está inserido nos jogos Pan Americanos. Para Américo, isso traz uma perspectiva de crescimento do esporte.

– Não tenho dúvidas de que o esporte vai crescer muito a partir de agora – afirma o treinador do Time Brasil.

O próximo objetivo é incluir o SUP também nos Jogos Olímpicos, assim como aconteceu com o surf, que irá estrear nas Olimpíadas de Tóquio, em 2020. No caso do Stand Up Paddle, o objetivo é que o esporte seja incluído no próximo ciclo Olímpico, com vistas aos jogos de 2024, em Paris.

No Peru, o Time Brasil conta com o suporte do Comitê Olímpico do Brasil (COB), em parceria com a Confederação Brasileira de Surf (CBSurf), com o apoio de médico, fisioterapeuta, chef de cozinha e até advogado, uma vez que a sede da modalidade fica distante da Vila Olímpica e a delegação está instalada na Casa Surf. A equipe brasileira é coordenada por Rosaldo Cavalcanti, conta com os técnicos Gabriel Macedo, no surfe, e Américo Pinheiro, no SUP, e tem ainda o acompanhamento do presidente da Confederação, Adalvo Argolo.

O Pan de Lima reúne, no total, cerca de 6.580 atletas de 41 países das Américas. Dos 39 esportes, 22 valem como classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. O Brasil levou 485 atletas.