Assine Já
sábado, 05 de dezembro de 2020
Região dos Lagos
26ºmax
21ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 13221 Óbitos: 567
Confirmados Óbitos
Araruama 2625 126
Armação dos Búzios 1500 22
Arraial do Cabo 427 21
Cabo Frio 3925 183
Iguaba Grande 1197 41
São Pedro da Aldeia 2010 79
Saquarema 1537 95
Últimas notícias sobre a COVID-19
QUASE LÁ

Após vencer Bangu, Cabofriense pode se classificar já na próxima rodada do Brasileirão da Série D

Combinação de resultados fará Tricolor Praiano avançar de fase na competição nacional

08 novembro 2020 - 18h00Por Redação

O gol de Coutinho nos acréscimos do jogo contra o Bangu, neste sábado (7), não apenas garantiu três pontos importantíssimos para a Cabofriense, como deixou o time da Região dos Lagos muito próximo de matematicamente garantir a classificação para a próxima fase do Campeonato Brasileiro da Série D.

O Tricolor Praiano pode até garantir a vaga já na próxima partida, contra o Nacional-PR, na próxima sexta (13), às 15h, de novo no Correão. Para isso, a equipe de Cabo Frio precisa vencer o jogo, além de ter que torcer por uma combinação de resultados.

O time está em segundo lugar no Grupo 7, com 22 pontos, um a menos que a líder Ferroviária de Araraquara. Os quatro primeiros colocados de cada chave de classificam. No grupo do Tricolor, no momento, disputam a última vaga o Cascavel-PR; o Bangu e a Portuguesa-RJ, todos com 16 pontos.

Para a Cabofriense avançar no próximo fim de semana, além de vencer a própria partida, o Cascavel tem que perder para a Ferroviária, no Paraná. Entretanto, o triunfo simples da equipe de Cabo Frio a deixará com um pé na segunda fase da competição nacional.

O jogo – A Cabofriense abriu o marcador logo aos três minutos de partida, com Sillas, que aproveitou cruzamento da esquerda feito por Natan. O gol obrigou a equipe da Zona Oeste do Rio a se mandar para o ataque, em busca do empate. Apesar da pressão, o Tricolor se manteve em vantagem até o intervalo.

Na etapa derradeira, o Alvirrubro seguiu em cima do time da casa e empatou, aos 23 minutos, em pênalti batido e convertido por Anderson Lessa. Àquela altura, os banguenses estavam com um jogador a menos, pois Michel havia sido expulso.

O empate inflamou o time da casa, que partiu firme em busca dos três pontos. De tanto martelar, aos 48 minutos, Coutinho aproveitou rebote de um chute de longe de Juninho e fechou o placar, deixando a Cabofriense na boa para seguir sonhando com o acesso à Série C.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.