Assine Já
quinta, 24 de setembro de 2020
Região dos Lagos
24ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7942 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1581 102
Armação dos Búzios 477 10
Arraial do Cabo 231 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 649 36
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1165 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
alexandre pantoja

Alexandre Pantoja representa Arraial no UFC

Cabista enfrenta o irlandês Neil Seery amanhã

15 julho 2017 - 10h45
Alexandre Pantoja representa Arraial no UFC

Na segunda oportunidade de subir ao octógono mais importante do planeta, Alexandre Pantoja quer embalar de vez no Ultimate Fighting Championship (UFC). O peso mosca enfrenta o irlandês Neil Seery amanhã, em Glasgow (ESC), às 12h25. O cabista espera um combate duro, mas considera a vitória fundamental para os próximos passos na carreira.

Folha dos Lagos – Conhece o adversário?

Alexandre Pantoja – Olhei um pouco sobre as lutas dele. Tem um estilo de boxe. É um lutador muito aguerrido como os atletas originais da Irlanda. Tem um card bom. Mas não procuro muito focar no que meu adversário faz, mas, sim, no que posso fazer na luta.

Folha – A estreia no UFC, com vitória, foi importante na preparação?

Pantoja – Minha primeira luta no UFC foi contra um oponente muito forte, muito duro e talentoso. Nem todo mundo conhece o trabalho dele por ser novato. Mas tinha estado com ele e sabia o quanto era bom. E ganhar de um oponente bom sempre eleva a moral e faz com que me sinta muito bem. Nessa segunda, vou lutar contra um veterano. Ele tem seis lutas no UFC. Acredito que é o momento certo para pegar uma luta dessa. Um oponente bem carimbado no UFC vai me fazer muito bem.

Folha – O que a luta representa em sua vida?

Pantoja – A luta representa um trabalho mesmo de toda a vida. Já sou profissional de MMA há dez anos. Tudo que realizei, conquistei e as coisas que conheci nesse mundo foram através da luta. Posso dizer que a luta é a minha vida.

Folha – Uma mensagem àqueles que te apoiam em Arraial.

Pantoja – Só tenho a agradecer a todas as pessoas de Arraial do Cabo. Essa cidade me fez estar onde estou. Fico muito feliz por representar todos e acredito que, quando vou para o octógono, todo mundo  está lá junto comigo. Todo mundo se esforça muito para poder ver as minhas lutas. E sei que dessa vez todos estarão juntos de novo num só objetivo: o de sair com a vitória.