Assine Já
terça, 11 de agosto de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
15ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 5034 Óbitos: 292
Confirmados Óbitos
Araruama 838 59
Armação dos Búzios 372 9
Arraial do Cabo 120 12
Cabo Frio 1673 97
Iguaba Grande 393 25
São Pedro da Aldeia 759 39
Saquarema 879 51
Últimas notícias sobre a COVID-19
NÃO DEU PARA O CABISTA

Alexandre Pantoja perde e fica mais distante da disputa do cinturão do UFC

Lutador de Arraial do Cabo foi derrotado por decisão unânime dos juízes, contra o russo Askar Askarov

19 julho 2020 - 09h56Por Redação

A luta foi equilibrada, mas não deu para Alexandre Pantoja, na abertura do card principal do UFC Fight Island, realizado na noite deste sábado (18), na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. O lutador de MMA de Arraial do Cabo foi derrotado por decisão unânime dos juízes, no combate contra o russo Askar Askarov, pela categoria peso mosca (até 56,7Kg). O brasileiro teve chances de vencer por finalização no primeiro e segundo rounds, mas foi neutralizado pelo adversário, que também chegou a derrubá-lo duas vezes.

O revés afasta o atleta cabista da disputa pelo cinturão da categoria, agora de posse do brasileiro Deiveson Figueiredo, que finalizou o norte-americano Joseph Benavidez, na luta principal do evento do Oriente Médio. Curiosamente, Pantoja chegou ao país com possibilidade de enfrentar Benavidez, pelo cinturão, já que o compatriota Deiveson, havia testado positivo para o novo coronavírus, antes do evento. Contudo, a contraprova deu negativo.

Com a derrota, Pantoja deve perder a quarta posição no ranking mundial para o próprio Askarov, que se mantém invicto na carreira, após 13 combates (12 vitórias e um empate). Mesmo com o revés, Pantoja mantém um cartel positivo dentro do UFC: são seis vitórias e três derrotas. Na carreira como um todo, agora são 22 vitórias e cinco derrotas.

Em função da pandemia de Covid-19, o evento foi realizado sem a presença do público e dentro de rigorosos protocolos de segurança sanitária.

 

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.