sexta, 21 de junho de 2024
sexta, 21 de junho de 2024
Cabo Frio
26°C
Park lagos
Park Lagos 2
Cultura

Reabertura do Teatro Municipal de Cabo Frio atrasará mais uma vez

21 agosto 2023 - 15h29Por Redação
Reabertura do Teatro Municipal de Cabo Frio atrasará mais uma vez

Aqueles que estavam contando os dias para a reabertura do Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb, em Cabo Frio, vai ter que segurar a expectativa, desta vez por tempo indeterminado. Inaugu­rado em 14 de agosto de 1997, o espaço funcionou por quase 20 anos até ser fechado em janeiro de 2017 devido a problemas estruturais. Desde então várias datas foram anunciadas para a reabertura, mas nenhuma foi cumprida.

Em maio deste ano, o então secretário de Cultura de Cabo Frio, Clarêncio Rodrigues, chegou a escrever um artigo para a Folha dos Lagos em que afirmava que “a tão esperada reabertura do Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb nunca esteve tão próxima”.  Revelou ainda que para a liberação total da plateia e do palco do teatro era preciso a aprovação do Projeto de Segurança Contra Incêndio e Pânico e também a execução do Projeto de Reforma da Caixa Cênica que, segundo ele, já teria sido concluído com o início de um processo licitatório com custo de R$ 1,2 milhão, além dos recursos federais referentes às leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc. Na ocasião, Clarêncio afirmou que a previsão da Secretaria Municipal de Cultura era de reabrir totalmente o teatro no segundo semestre de 2023.

Esta semana, no entanto, o atual secretário de Cultura, João Félix, disse à Folha que o prazo para reabertura do Teatro Municipal só contará a partir da finalização do processo licitatório. A expectativa é que seja divulgada em breve a data do certame que definirá a empresa que vai realizar o serviço.

– É importante reforçar que nossa administração acabou de assumir a pasta e seguimos empenhados na reabertura deste espaço, sendo uma das nossas principais prioridades, mas sempre respeitando os trâmites legais e comprometidos em entregar um espaço seguro e equipado para atender com respeito e qualidade os nossos artistas. A caixa cênica nunca recebeu uma obra como essa, e de tamanha importância, que vai atender às exigências de segurança e instalação de sistema elétrico do palco – contou.

Após dois anos fechado, somente em 2019 o governo municipal começou a se movimentar para tentar reabrir o Teatro Municipal. Na época várias pendências foram apontadas pelo Corpo de Bombeiros com relação ao Projeto de Segurança Contra Incêndio e Pânico, mas as exigências não foram cumpridas. Em novembro de 2022 uma nova tentativa de regularização foi iniciada, com novas pendências apontadas em abril deste ano.

– Em novembro de 2022 tínhamos como pendência a atualização da planta entre  outros, pois as Normas do Coscip sofreram mudanças no final de 2018, levando o prédio a ter que atender novas exigências antes não previstas como, por exemplo, colocar na planta onde ficarão os alarmes de incêndio. Em abril deste ano, entre as novas pendências, a mais importante foi o pedido de um projeto específico de Proteção Passiva cobrindo toda a estrutura metálica do prédio. Hoje, dentro do projeto Contra Incêndio e Pânico não temos mais nenhuma, e já recebemos o laudo da corporação (bombeiros) para ser cumprido durante a execução da obra. Só depois disso poderemos ter a liberação de uso completo do prédio – informou João Félix.