Assine Já
quarta, 28 de julho de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46093 Óbitos: 1865
Confirmados Óbitos
Araruama 11325 353
Armação dos Búzios 5456 57
Arraial do Cabo 1564 87
Cabo Frio 12599 755
Iguaba Grande 4756 114
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
LITERATURA

Projeto Mulheres de Sal promove lives sobre presença feminina no mercado editorial

Programação on-line terá ainda lançamento de documentário e e-book

08 março 2021 - 17h12Por Redação

O projeto ‘Mulheres de Sal’ promoverá duas lives nos próximos dias 13 e 26 para debater a presença feminina no mercado editorial. A primeira delas, neste sábado (13) terá como tema ‘Mulheridades e Mercado Editorial’ e será transmitida  no YouTube do projeto. 

Nesse encontro, de acordo com a organização, a proposta é levantar o debate em torno das presenças e ausências de mulheres de diferentes perfis e vivências no mercado editorial, bem como chamar a atenção do nosso público para as escritoras que não estão no mainstream, mas que existem e resistem com suas palavras.

Participam da conversa a escritora Jaqueline Brum; a professora doutora, escritora, ativista negra e trans Jaqueline Gomes de Jesus, além do diretor e editora da Folha, o jornalista Rodrigo Cabral. A mediação é da professora Sara Wagner. Na mesma data, será lançado o documentário 'Mulheres de Sal', com direção e roteiro de Aline Moschen. 

No filme, nove mulheres com diferentes perfis são convidadas a contar as suas trajetórias na literatura. Entre recortes de vida e perspectivas plurais sobre a escrita, propomos que respondam às mesmas perguntas, na tentativa de traçar fundos e paisagens comuns. 

Já no dia 26, também no You Tube do projeto, vai ao ar a live ‘Caminhos para escrever e publicar’. Na conversa serão os principais pontos abordados durante as oficinas, compartilhamento das impressões das oficineiras, métodos de escrita e dicas às mulheres que queiram realizar suas publicações. 

O bate-papo terá a participação das oficineiras Paolla Souza, Lara Couto, Mariam Daychoum, Juliana Ramos e da comunicadora Keetherine Giovanessa, com mediação de Aline Moschen. Um e-book com a reunião das obras produzidas nas oficinas de formação literária será lançado na ocasião.

O projeto – Segundo as idealizadoras, Mulheres de Sal’ é um projeto de formação literária e capacitação de mulheres para entrada no mercado editorial. Com foco na relação entre literatura e gênero, promovendo encontros de criação e troca literária entre mulheres transgênero, cisgênero, brancas e negras, quilombolas e de comunidades pesqueiras da Região dos Lagos. 

A iniciativa é fomentada pelo Edital Retomada Cultural, promovido pela Secretaria Estadual de Cultura do Rio de Janeiro como ação decorrente da Lei Aldir Blanc.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.