Assine Já
sábado, 13 de agosto de 2022
Região dos Lagos
25ºmax
15ºmin
VIAJE BEM Confira 331 hospedagens bem avaliadas na Região dos Lagos
LITERATURA

Livro 'Odisseia Erótica' terá lançamento em Cabo Frio no próximo sábado (9)

Evento está marcado para o espaço da Sophia Editora, no Centro, a partir das 17h

04 julho 2022 - 12h03Por Redação

A Sophia Editora promove, neste sábado (9), o lançamento em Cabo Frio do livro 'Odisséia Erótica Uma Viagem Alucinante sobre o Caos Constante', de Bento Verboto. Um dos títulos mais recentes da Sophia será lançado para o público da região a partir das 17h, no novo espaço cultural da editora, que fica na Rua Major Belegard, nº 502, no Centro. 

A noite de autógrafos com o autor carioca terá ainda um bate-papo com o público, ao som de uma playlist escolhida por ele para o livro. Para aguçar o paladar dos presentes, dentro da proposta do livro, serão servidos caldinhos afrodisíacos feitos por Fernanda Carriço, autora de 'Sabor e Prosa', lançado pela Sophia em 2016.

Em maio, Bento e a editora já haviam lançado a obra no Rio de Janeiro, durante uma noite de autógrafos realizada na Casa Naara, em Laranjeiras. 

Este será o terceiro evento no novo espaço da Sophia Editora, desde a inauguração, em junho, com o lançamento do livro 'Unidos da Democracia', de Guilherme Guaral, em 30 de maio. Além das reunião de trabalho da editora, o local também sediou, há duas semanas, um café com ex-alunos do professor Jose Américo Trindade, o 'Babade' e a autora do livro 'Pelas Barbas do Babade', Eloisa de Campos.

Sobre a obra Uma viagem alucinante sob o caos constante. É assim que o jovem autor Bento Verboto define sua primeira e tão sonhada obra, tão intensa quanto transparente, "Odisseia erótica". Hoje Bento, o autor é nascido como Lucas, tem 23 anos, é carioca, gay, estudante de Publicidade, artista e muito bem resolvido. As experiências amorosas e sexuais vivenciadas ao longo da sua vida foram transformadas em poemas no livro, uma verdadeira mala afetiva carregada de desejos e obscenidades.

O gosto pela escrita começou na infância, quando convertia sentimentos ainda desconhecidos em rabiscos. Comecei a escrever desde muito pequeno quando me sentavam na igreja e, na Bíblia, como um sacrilégio desapercebido, eu rabiscava o que hoje chamo de ilustrações e dava palavras que aprendia a sentimentos que não entendia, que hoje condenso em poesia.

Sem medo de experimentar os prazeres da vida e se arriscando constantemente pela poesia, Bento também mostra no livro que não tem qualquer temor, e porque não pudor, de compartilhar as alucinações amorosas que o construíram ou o destruíram por algum momento.

A ideia é que o leitor sinta o êxtase de cada relação vivenciada por ele. Não é à toa que Bento, inclusive, sugere trilhas sonoras em muitas das poesias contidas no livro. As recomendações passam por Chico Buarque (Essa Moça Tá Diferente), Baden Powell (Tristeza), August Eve (You Already Know) e The Cranberries (Linger).

Bento explica que o livro tomou forma durante a pandemia, combinando sua paixão pela escrita ao vício em fazer playlists ele criou mais de 290 somente em 2021, cada playlist com um objetivo diferente.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.