Assine Já
quinta, 16 de julho de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
13ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 3553 Óbitos: 207
Confirmados Óbitos
Araruama 671 42
Armação dos Búzios 288 8
Arraial do Cabo 88 11
Cabo Frio 1067 66
Iguaba Grande 257 20
São Pedro da Aldeia 565 21
Saquarema 617 39
Últimas notícias sobre a COVID-19
Livro

Livro do Larico será lançado na feijoada

Coletânea reúne os divertidíssimos textos do Iluminado da Boca do Mato

04 agosto 2015 - 09h49

Lá se vão 25 anos de história, des­de que a Folha surgiu e, desde então, muitos são os leitores que acompa­nham bem de pertinho o crescimento do jornal, da mesma forma que pais corujas assistem ao desenvolvimento do filho. Da mesma forma, ao longo dos últimos três anos, o leitor assíduo e atento viu surgir e se divertiu com as peripécias de um personagem, no mínimo, intrépido: “Larico de Zezé, O Iluminado da Boca do Mato”.

O personagem cresceu, cresceu e agora ganhou um livro que reúne as principais crônicas (R$ 30) e será lan­çado na Feijoada da Folha, no próxi­mo sábado, dia 8, no Costa Azul Iate Clube, a partir das 12h. O evento in­tegra as comemorações pelos 25 anos da Folha e gera expectativa entre os mesmos leitores que acompanham o jornal e também as festas.

– Acompanho a Folha desde que surgiu, na verdade, quando ainda era Folha de Cabo Frio. Fui a quase to­das as festas, que são sempre muito boas, e que oferecem oportunidade de reencontrar os amigos. A comida é ótima e os shows não ficam atrás – enalteceu Fernando Pinto.

Faz coro o médico Luis Valdir, que diz colecionar as camisas de eventos organizados pelo jornal, como a “Xô, Ano Velho”, tradicio­nal festa de fim de ano que em 2015 completa 20 anos.

– Não falto a uma festa da Folha por vários motivos: a comida é boa, o ambiente é alegre e de altíssima qualidade. Me considero até caseiro, mas às festas da Folha dos Lagos eu vou sempre – afirmou.

E o ambiente agradável também é o diferencial para Gilson da Costa, que é ex-secretário de Ordem Públi­ca de Cabo Frio.

– O ambiente das festas da Fo­lha é excelente, gostoso, a gente se sente bem. E é bom porque é bem planejado, a gente encontra aquilo que foi dito que seria a festa, então a expectativa é atendida. Como foi o caso do Boteco&Chorinho. Quem foi encontrou um boteco. Então, tem um público cativo – destacou.

Os poucos ingressos que ainda restam podem ser adquiridos na sede do jornal (na Rua Nossa Senhora Aparecida, 300, no Parque Central). Para assinantes o valor do ingres­so (individual) é de R$ 40 e para o público geral, R$ 45. Além do lan­çamento do livro, a festa terá ainda música ao vivo com Jean Bessa e banda, tocando muita MPB, e músi­ca na pista de dança.

Para acompanhar o cardápio prin­cipal – preferido entre a maioria dos brasileiros e que será preparado pelo chef Gilmar de Souza – tem cerveja, água, refrigerante, além de degusta­ção do clássico “cachorro magro”, mistura de cachaça com limão. A bebida, tirando o cachorro magro, é à parte e por conta do bar do clube.

O livro “Larico de Zezé, o Ilumi­nado da Boca do Mato”, tem apoio cultura da Limola Construtora, Di­nho da Funerária e Boteco Costa do Sol. Já a Feijoada da Folha, por en­quanto, tem como patrocinadores a Mega Brasil Distribuidora, Clínica Ortopédica São Marcos e Luciano Silveira Engenharia.