Assine Já
quinta, 13 de maio de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 37918 Óbitos: 1447
Confirmados Óbitos
Araruama 9612 300
Armação dos Búzios 4692 57
Arraial do Cabo 1317 69
Cabo Frio 10088 529
Iguaba Grande 3759 93
São Pedro da Aldeia 5248 224
Saquarema 3202 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
5º FESTIM

Festival de Esquetes de Macaé tem nova data

Apresentações serão de 17 a 30 de maio com programação online pelas plataformas do Instagram e YouTube

27 abril 2021 - 10h35Por Redação

O 5º Festival de Esquetes de Macaé Artes Integradas (Festim) divulgou a nova data do evento. Será de 17 a 30 de maio, com programação online pelo instagram @festim_festival e pelo canal do youtube Festim Festival.

Segundo o produtor cultural e idealizador do festival, Aldebaran Bastos, a mudança das datas foi definida na última semana. “Para que tenhamos um prazo mais amplo para a readequação do nosso festival, devido ao isolamento social, anunciamos a nova data da nossa quinta edição, que será de 17 a maio de 30 de maio. A programação será postada nas redes sociais, de segunda a sexta-feira, e aos finais de semana, teremos transmissão das cenas selecionadas com apresentação de convidados especiais”, explicou. Ainda de acordo com Aldebaran, o debate sobre as cenas apresentadas será entre os dias 10 e 17 de maio, às 20h, pela
plataforma zoom. O link será disponibilizado em breve.

Neste ano, o festival foi contemplado pela Lei Aldir Blanc. O 5º Festim Artes Integradas terá a participação de artistas convidados, mostra competitiva de teatro, exposição fotográfica e a Campanha Festim Solidário, que já estão sendo realizadas também pelo Instragram. Serão distribuídos, de acordo com Aldebaran Bastos, mais de R$ 15 mil em cachês e prêmios.

Para ele, além de toda equipe de produção, é uma alegria muito grande ter sido contemplado pela Lei Aldir Blanc. Ele atribui a conquista a todo empenho e dedicação de toda uma rede, formada por agentes culturais, artistas, produtores, companhias de teatro de todo o Brasil, entusiastas, e empresas parceiras que sempre apostaram na realização do evento.

“Como esse prêmio de patrocínio que ganhamos, percebo que estamos no caminho certo, sem dúvidas,
para a promoção de políticas públicas de afeto à cultura, difusão, promoção das artes integradas e o alcance gratuito da população aos eventos culturais. Mas do que nunca, Macaé e cidades vizinhas, precisam de ações emergentes para atender a demanda cultural da região, que é riquíssima, promovendo políticas públicas de cultura”, enfatizou.

Para Aldebaran, o Festim foi contemplado pela Lei Aldir Blanc devido, ao sucesso também das quatro edições anteriores. “O Festival de Esquetes de Macaé movimenta participações de todo o Brasil. Em 2020, realizamos uma edição especial online, o Festim Quarentena Poética Poesia ao Vídeo, evento realizado em julho. Tivemos mais de 120 inscrições e trabalhos artísticos, vindos de várias partes do Brasil e fora do país, como Canadá, Índia e Chile. Desta forma, percebemos o alcance do festival e seus impactos positivos para a formação de novas plateias e o reconhecimento da cidade com algo de valor cultural verdadeiro. Sentimos que a cidade, a cada ano, abraça e reconhece o Festim como parte da sua identidade cultural”, enfatizou.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.