domingo, 03 de março de 2024
domingo, 03 de março de 2024
Cabo Frio
23°C
Park Lagos mobile
Cultura

Feriado é dia de choro em São Jacinto

Projeto Santo Samba faz hoje homenagem a Pixinguinha, nascido há 122 anos

23 abril 2019 - 10h15
Feriado é dia de choro em São Jacinto

Há exatos 122 anos nascia Pixinguinha, um dos maiores nomes da história da Música Popular Brasileira. Por conta disso, desde 2000, a data de hoje é dedicada a comemorar o Dia Nacional do Choro, gênero do qual o maestro, instrumentista e compositor é o principal expoente.

Para comemorar a ocasião, em pleno Dia de São Jorge, o projeto Santo Samba faz hoje, ao meio-dia, uma edição especial chamada ‘Choro para Pixinguinha’. Aliás, o próprio nome do projeto foi adaptado para ‘Santo Choro’. O evento acontece no Km 6 da Estrada de Campos Novos, em São Jacinto. O evento tem o apoio da Folha dos Lagos.

– É uma edição especial de 122 anos de nascimento do Pixinguinha e, por isso, estamos fazendo uma roda que não é de samba, mas sim de choro, com o músico Marcílio Lopes. Além  disso, vamos ter uma feijoada por causa do Dia de São Jorge – disse a produtora do evento, Luciana Branco, avisando que os ingressos estão em quantidade limitada a 100.

O choro surgiu no Rio de Janeiro em meados do século XIX e pode ser considerado como a primeira música urbana tipicamente brasileira. A origem do gênero tem origem no lundu, ritmo de inspiração africana à base de percussão, com gêneros europeus. Além de Pixinguinha, a maestrina Chiquinha Gonzaga e o pianista Ernesto Nazareth são considerados grandes nomes do choro nacional.