Assine Já
domingo, 05 de dezembro de 2021
Região dos Lagos
28ºmax
20ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53720 Óbitos: 2188
Confirmados Óbitos
Araruama 12500 448
Armação dos Búzios 6584 73
Arraial do Cabo 1754 93
Cabo Frio 15618 902
Iguaba Grande 5572 147
São Pedro da Aldeia 7051 290
Saquarema 4641 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cultura

​Feijoada vai marcar início de nova fase do bloco Parókia

​Evento será no Clube Santa Helena e ingressos estão sendo vendidos por R$ 25

08 junho 2019 - 12h21
​Feijoada vai marcar início de nova fase do bloco Parókia

Uma feijoada no próximo dia 14 de julho irá marcar o início de uma nova fase do bloco mais tradicional de Cabo Frio, o Parókia. A instituição de 51 anos de história fará o primeiro de uma série de eventos que serão realizados ao longo do ano para financiar o desfile de Carnaval do ano que vem.

- Começamos a fazer reuniões com o nosso grupo de amigos e decidimos realizar esses eventos. Além disso, teremos um carnê de R$ 10 por mês para quem quiser colaborar com o bloco. Com o dinheiro faremos as camisas e poderemos pagar os músicos. O objetivo é que no próximo carnaval o Parókia volte a sair no domingo e na terça - explica a vice-presidente do bloco, Nádia Amaral.

A feijoada estava marcada inicialmente para o dia 7 de julho, informação que foi divulgada na ediição impressa da Folha. A organização informou neste sábado (8) a nova data, 14 de julho, domingo, no Clube Santa Helena, no centro de Cabo Frio.

Haverá roda de samba, e, claro, apresentação do Parókia. Os ingressos custam R$ 25 no primeiro lote e podem ser adquiridos no restaurante Parada Obrigatória, na Praça Porto Rocha, ou pelo telefone (22) 9 9999-9794.

Além da feijoada para cerca de 200 pessoas, o grupo de amigos planeja outras atividades como noite de caldos e festa no dia das crianças. 

- O Parókia teve dificuldades nos últimos três anos para conseguir pagar os músicos e sair nos dois dias do carnaval. Decidimos que era a hora de fazer um planejamento antecipado para deixar o bloco organizado para o carnaval. Estamos muito felizes com esse novo momento - afirma Nádia, citando a importância da instituição para a cultura de Cabo Frio.

- Um bloco de 51 anos tem a sua tradição e faz parte da cultura da cidade. Estamos vendo esse movimento dos blocos crescendo em todo o Brasil, em São Paulo, por exemplo, que não tinha isso, ou no Rio, que já é tradicional. As pessoas querem curtir os blocos. E o Parókia é um bloco família, que toca marchinhas antigas. É a nossa cultura - celebra ela.