Assine Já
sexta, 03 de julho de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 260 584 40
Armação dos Búzios X 250 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 943 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 455 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
literatura

Dez casais apaixonantes (e apaixonados) da literatura

No Dia dos namorados, a Folha fez uma seleção dos melhores pares amorosos dos romances

12 junho 2016 - 12h50Por Filipe Rangel

A literatura sempre foi palco para grandes histórias, e também para grandes amores. No fim de semana do Dia dos Namorados, confira dez casais apaixonantes do mundo dos livros.

1. Romeu e Julieta – Enterra­dos em meio a um violento con­flito familiar, os jovens amantes desafiaram as tradições de seu tempo para viver um amor que, mesmo depois de séculos, ain­da é referência em romantismo. Estão em “Romeu e Julieta”, do inglês William Shakespeare.

2. Elizabeth e Mr. Darcy – Em “Orgulho e Preconceito”, de Jane Austen, Elizabeth é uma jovem perspicaz que, depois de uma rejeição, desenvolve certa antipatia por Mr. Darcy. No en­tanto, página após página, dia após dia, os dois personagens centrais da trama vão desenvol­vendo um romance apaixonante.

3. Gatsby e Daisy – Este é um casal que não chega a ser oficial, mas é apaixonante da mesma forma. Em “O Grande Gatsby”, de F. Scott Fitzgerald, Daisy é casada com outro homem, mas é, também, parte de um relacio­namento que se desenvolve nas entrelinhas do livro com Jay Gatsby, um excêntrico bilionário obcecado por ela.

4. Baltasar e Blimuda – Em “O Memorial do Convento”, o português José Saramago nos apresenta a Baltasar Sete-Sóis, um soldado maneta, e Blimuda Sete-Luas, uma mulher que con­segue ver o interior das pessoas. Um dos maiores casais da litera­tura em língua portuguesa.

5. Noah e Allie – Um amor que sobrevive a desencontros, desentendimentos e até a graves doenças. E para melhorar: o ca­sal Noah e Allie é inspirado em pessoas reais. Estão em “Diários de Uma Paixão”, do americano Nicholas Sparks.

6. Páris e Helena – No épico “A Ilíada”, o jovem troiano Páris se apaixona pela princesa gre­ga Helena, desencadeando uma guerra entre as duas nações. Um romance de proporções e conse­quências gigantescas. O texto é atribuído ao escritor grego Ho­mero, mas não há certeza sobre a sua existência de fato.

7. Bentinho e Capitu – São, definitivamente, o casal mais fa­moso da literatura brasileira. E também o mais discutido. Ben­tinho, advogado e ex-seminaris­ta, acusa Capitu de adultério, e ela vai a julgamento. No fim das contas, o veredito fica por conta do leitor, e não do júri.

8. Christian Grey e Anasata­sia – Sucesso de vendas recente, “Cinquenta Tons de Cinza”, E. L. James, também tem sua con­tribuição para dar, afinal, não dá para negar que o casal formado pelo milionário Christian Grey e pela estudante Anastasia Steele tenha dado o que falar

* Matéria completa na edição deste fim de semana da Folha dos Lagos.