Assine Já
terça, 22 de setembro de 2020
Região dos Lagos
20ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7914 Óbitos: 414
Confirmados Óbitos
Araruama 1580 102
Armação dos Búzios 474 10
Arraial do Cabo 231 13
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
Carnaval

Blocos de rua estão na programação do carnaval de Cabo Frio

Sem subvenção da Prefeitura, agremiações ficarão concentradas em pontos específicos

27 janeiro 2017 - 16h33Por Redação I Foto: Divulgação PMCF
Blocos de rua estão na programação do carnaval de Cabo Frio

A maior festa popular do planeta terá que se reinventar este ano em Cabo Frio. Por causa da grave situação econômica da cidade provocada pela má gestão do governo anterior, a Prefeitura não irá pagar subvenção de Carnaval para blocos de arrastão e escolas de samba do município. Mesmo assim, os blocos receberão apoio logístico para que possam fazer a festa nas ruas da cidade.

A informação foi confirmada na noite de quinta-feira (26) durante reunião entre o secretário de Cultura, Ricardo Machado, o Chopinho, com representantes da Associação de Blocos Carnavalescos de Cabo Frio (Abaccaf). Ficou definido que os blocos ficarão concentrados em pontos específicos, sem circular pela cidade. Banheiros químicos em pontos estratégicos do município e a Guarda Municipal dará apoio logístico aos eventos. 

 – O carnaval de rua será realizado com as agremiações montando o aparato necessário como trio elétrico e segurança, por exemplo. Além disso, ficou acordado que os blocos irão realizar a festa sem desfile pelas ruas de Cabo Frio, somente no esquema do ‘concentra mais não sai’ – explicou o secretário. 

A Prefeitura também não montará a estrutura da Arena dos Blocos, que ficava na orla da Praia do Forte, próximo ao canto do Forte. O motivo é uma Ação Civil Pública movida pelos moradores da orla. Contudo, o Governo Municipal cedeu para a Abaccaf o espaço onde era realizado o Cabofolia, caso a organização queira montar a arena com recursos próprios.

Segundo o secretário de Cultura, está prevista uma reunião no início de abril com a  Abaccaf, Associação de Hoteis e Pousadas e o Convention & Visitors Bureau para planejar o Carnaval 2018.