Assine Já
segunda, 01 de março de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
21ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 26524 Óbitos: 912
Confirmados Óbitos
Araruama 6711 182
Armação dos Búzios 3191 32
Arraial do Cabo 855 37
Cabo Frio 7394 352
Iguaba Grande 2510 55
São Pedro da Aldeia 3488 126
Saquarema 2375 128
Últimas notícias sobre a COVID-19
Aprender e preservar

Aventuras na Laguna: livro traz educação ambiental com história sobre Laguna de Araruama

Escrita por Jaqueline Brum, obra está em pré-venda no site da Sophia Editora

12 fevereiro 2021 - 12h16Por Redação
Aventuras na Laguna: livro traz educação ambiental com história sobre Laguna de Araruama

'Minha mãe me explicou que essa laguna é diferente e especial. É uma laguna hipersalina", conta o protagonista de Aventuras na Laguna (32 págs., R$ 28), livro de colorir em pré-venda no site da Sophia Editora o lançamento oficial está marcado para o dia primeiro de março. Muitos são os aprendizados obtidos por Gui em seu lugar favorito na cidade de Cabo Frio, a Laguna de Araruama. Assinada por Jaqueline Brum, bióloga e presidente da Academia de Artes e Letras de Cabo Frio (Alacaf), a obra levará educação ambiental aos pequenos leitores. Isso com muita interatividade. Afinal, eles são convidados a dar cores à história ilustrada por Felipe Freitas e a enviar o resultado para a editora, que compartilhará as pinturas no instagram @sophiaeditora.

Folha dos Lagos - Como surgiu a ideia de escrever Aventuras na Laguna?

Jaqueline Brum - Sou uma escritora cabo-friense muito apaixonada pela cidade e pela região. A ideia do livro surgiu pela percepção da necessidade de falar sobre a laguna, compartilhando conhecimento, cuidado, atenção e amor. Parte da história é real. Sou mãe do Gui, que é o personagem que apresenta Cabo Frio do ponto de vista ambiental e fala do lugar favorito dele, que é a laguna. 

Folha dos Lagos - Qual a importância de promover a educação ambiental entre as crianças?

Jaqueline - Falar sobre meio ambiente é falar de vida, qualidade de vida. Nós fazemos parte desse meio. Precisamos buscar harmonia, um equilíbrio nessa relação do homem com a natureza. O quanto antes iniciarmos esse processo, essa relação de proximidade, teremos mais chance de obtermos êxito. E é muito mais fácil educar do que reeducar quem não aprendeu ou aprendeu errado a vida inteira. Precisamos investir cada vez mais nas nossas crianças. A educação ambiental é fundamental no processo de formação cidadã. 

Folha -  Conte um pouco sobre as aprendizagens que podem ser tiradas da obra.

Jaqueline - O livro apresenta uma deliciosa história que convida o leitor a mergulhar nessa aventura. Apesar dos personagens, das ilustrações, do lúdico que encanta, ele também é muito informativo. Explica a diferença entre lagoa e laguna; apresenta algumas espécies que habitam o local, como peixes, camarão e siri; fala do potencial econômico da pesca, das salinas; incentiva a prática dos eco-esportes, oferecendo várias possibilidades; apresenta a laguna como área de lazer; fala da poluição, da contaminação; e de toda importância dessa que é a maior laguna hipersalina em estado permanente do planeta. 

Folha -  O lançamento do livro será em março... Simbolicamente, no dia 22 desse mês é comemorado o Dia Mundial da Água...

Jaqueline - A gente escolheu esse mês para chamar atenção para a importância do cuidado com nossos ecossistemas. É um livro que pode ser utilizado pelas escolas, com certeza. É uma obra lúdica, com ilustrações incríveis, que, além de encantar, vai agregar muito conhecimento.

Folha - Qual a expectativa para o lançamento de uma obra no formato livro de colorir? Como aguarda essa interação com o público leitor?

Jaqueline - Essa ideia é muito bacana. Além de se encantar com uma bela história, o leitor poderá ter a oportunidade de participar colorindo as ilustrações, que ficaram incríveis. O Felipe Freitas, que foi o ilustrador, caprichou. Com isso, cada livro será único, exclusivo, e se tornará ainda mais especial com a participação do leitor.

Folha - Como foi o processo de criação da história? Como foi vê-la ganhando forma com as ilustrações?

Jaqueline - Fiquei muito feliz com o convite da editora, que olhou com carinho para o meu trabalho. A editora fez tudo com muita cautela por conta da pandemia: as reuniões virtuais e todo cuidado com correção, com a edição e as ilustrações. Foi uma parceria que me trouxe muita alegria e tranquilidade. É muito importante para o escritor ter segurança, ter paz e tranquilidade para lançar livro. Lançar livro é realizar sonho. Estou muito feliz e agradecida à editora. Tenho certeza que será uma parceria de longa data. 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.