Assine Já
terça, 19 de outubro de 2021
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
CURVA ASCENDENTE

Número de casos confirmados de Covid-19 na região dobra em oito dias

No mesmo período, Cabo Frio, que começa a reabrir comércio nesta segunda (4), passou de 23 para 52 a quantidade de pacientes infectados

04 maio 2020 - 14h58Por Rodrigo Branco

O número de casos confirmados de Covid-19 na Região dos Lagos dobrou em um intervalo de oito dias, conforme apontam dados oficiais das secretarias municipais de Saúde.  Com a confirmação de três novos casos em Cabo Frio e dois em Armação dos Búzios, neste domingo (3), os sete municípios da região atingiram a marca de 200 notificações de pacientes infectados pelo novo coronavírus. O centésimo caso havia sido confirmado no sábado retrasado, dia 25 de abril.

Para dar uma ideia da velocidade na evolução da epidemia; da primeira confirmação, em 30 de março, em São Pedro da Aldeia; até a centésima, o período decorrido foi de 26 dias. Isso significa que, oficialmente, o número de pacientes infectados dobrou de forma três vezes mais rápida do que o tempo que levou para os municípios registrarem os 100 primeiros casos.

Para a médica infectologista Apparecida Castorina Monteiro, que trabalha nas redes de Arraial do Cabo e de Cabo Frio, a aceleração da curva na região está ligada à desobediência às medidas de distanciamento social verificada nas últimas semanas e também à maior velocidade na divulgação dos resultados dos testes.

– Acho que uma das principais causas foi o relaxamento do isolamento. Uma pessoa é capaz de infectar não só uma, mas outras. Além disso, muitos resultados de exames que foram colhidos há dias só agora tivemos os resultados – analisa.

Em Cabo Frio, que começou a reabertura gradual do comércio nesta segunda-feira (4), o número de casos confirmados da Covid-19 nos últimos oito dias mais do que dobrou, passando de 23 para 52, de acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde. O município ultrapassou Araruama, que tem 47, e assumiu a liderança do ranking de pacientes infectados. Em terceiro, figura Saquarema com 38 casos confirmados e, na sequência, vem São Pedro da Aldeia (25); Iguaba Grande (18); Armação dos Búzios (13) e Arraial do Cabo (8).

Com relação ao número de mortes, no período levantado pela Folha, o número passou de nove para 16, o que representa um aumento de 77%. O índice de letalidade (número de óbitos sobre o número de casos confirmados) é de 7,9%. Cabo Frio e Iguaba Grande registraram, até o momento, quatro mortes; Saquarema  e  São Pedro da Aldeia, três; e Arraial do Cabo e Araruama, um cada. Búzios é o único município da região que, por enquanto, não registrou mortes pela Covid-19.

Apesar da maior velocidade na divulgação dos casos, cresce a fila de pacientes à espera do resultado do teste para o novo coronavírus. Em Cabo Frio, são 165 pessoas nesta situação. Em Araruama, o número de casos suspeitos é de 61; e em São Pedro da Aldeia, de 50. Fecham a lista Saquarema, com 39; Iguaba Grande, 21; e Arraial do Cabo, 14. O município de Búzios deixou de divulgar o número de casos suspeitos há mais de duas semanas.

Diante do quadro, a médica infectologista não esconde a preocupação com o que pode ocorrer nas próximas semanas, mediante o afrouxamento da quarentena. No feriadão do Dia do Trabalhador, foi possível notar focos de aglomerações e a presença de turistas na região.

– Estamos vendo mais pessoas nas ruas, carros chegando. Não sei como está hoje. Praticamente não saio além da minha rotina de trabalho. Estamos assustados com o aumento de profissionais de saúde infectados. O município do Rio está em estado caótico. Já existem pacientes sendo transferidos para unidades hospitalares estaduais de Volta Redonda e de Saquarema – emenda.

(*) A atualização dos casos é feita em tempo real pelo site da Folha, conforme a divulgação oficial feita pelas prefeituras.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.