Assine Já
domingo, 28 de novembro de 2021
Região dos Lagos
28ºmax
20ºmin
Coluna

CBF libera auxílio para clubes, mas Cabofriense ainda não recebeu

21 abril 2020 - 18h18

Com o futebol parado por conta da pandemia do coronavírus, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou no começo do mês uma ajuda de R$ 19 milhões aos clubes da Série C e D do Campeonato Brasileiro. O mesmo apoio foi dado às participantes das Séries A1 e A2 do Campeonato Brasileiro Feminino. 

Para os clubes da Série D do Campeonato Brasileiro, competição que o tricolor praiano está classificado para participar este ano, a quantia será de R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais). O dinheiro já começou a ser distribuído, mas nem todos os clubes receberam ainda. 

A coluna tentou ouvir o presidente da Cabofriense, Valdemir Mendes, sobre o repasse, mas não conseguiu contato até o fechamento do texto. O dirigente faz parte do grupo de risco ao COVID-19 e está em quarentena em sua residência há mais de um mês.  

Um fonte da diretoria que não quis se identificar disse que o dinheiro ainda não caiu nos cofres do tricolor praiano. A Cabofriense chegou a desistir (antes da paralisação do futebol) de disputar a Série D do Campeonato Brasileiro, mas antes de o ofício chegar a CBF (primeiro passou pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) o clube optou por disputar a competição. 

Quando os treinamentos foram interrompidos por conta da COVID-19, em meados de março, a Cabofriense estava em dia com os jogadores. Tinha acabado de pagar o salário de fevereiro. Março venceu e os atletas ainda não receberam. 

Com a negativa da Rede Globo em pagar a última parcela do contrato de TV aos clubes, restou o auxílio da CBF como esperança para atletas, comissão técnica e diretoria de dias “melhores”.