Assine Já
quinta, 23 de janeiro de 2020
Região dos Lagos
23ºmax
20ºmin
Geral

Campanhas arrecadam agasalhos para pessoas em situação de rua

Centro Evangelístico Internacional (CEI) tem arrecadação de agasalhos e cobertores

10 julho 2019 - 09h33
Campanhas arrecadam agasalhos para pessoas em situação de rua

Apesar de, segundo a meteorologia, os termômetros começarem a ligeiramente subir depois da onda de frio que atingiu o estado do Rio desde o fim de semana, o inverno continua com temperaturas que fazem sofrer quem não tem casa ou um cobertor para se agasalhar. Segundo o Instituto de Meteorologia (Inmet), a partir de hoje as mínimas sobem para 18ºC e devem permanecer assim até o fim da semana. Mas a sensação térmica para quem dorme ao relento é a preocupação de quem promove campanhas para doação de roupas para pessoas em situação de rua. 

Pensando em incentivar a solidariedade, a Folha dos Lagos realiza todos os anos a campanha “Inverno Solidário”,  que arrecada roupas e até alimentos não perecíveis para instituições de caridade de Cabo Frio. Para participar, basta comparecer à sede do jornal, na Rua Francisco Mendes, 226, sala 6, Centro. O horário de funcionamento é o comercial, de segunda a sexta, das 9h às 17h. 

Na tradicional Igreja Matriz Histórica Auxiliar acontece a campanha por um inverno caloroso. Realizada pelos Vicentinos, “Faça a diferença na campanha do agasalho” recebe doações no horário comercial ou durante as missas. Inicialmente, o objetivo é montar kits para serem distribuídos para moradores em situação de rua, mas a Igreja informa que, em caso de necessidade, quem precisar de auxílio é só passar na igreja.

No Centro Evangelístico Internacional (CEI) todos os anos algumas empresas parceiras do projeto promovem a arrecadação de agasalhos e cobertores e a doação é feita após o almoço, outro projeto de assistência para quem não tem condições de pagar pela alimentação. O restaurante Graça, mantido pela igreja há cerca de seis anos, somente em 2018 ofereceu 28 mil refeições. De segunda a sexta, os portões são abertos às 12h30 para desempregados, pessoas em situação de rua, e necessitados de uma forma geral para servir o que para muita gente é a única refeição do dia. Assim que entram no Centro, eles assistem uma palestra de 20 minutos enquanto a mesa é posta. Em média são 100 pessoas diariamente. 

– E não se engane, não são só pessoas em situação de rua que servimos, mas pessoas que verdadeiramente são necessitadas, famílias inteiras são assistidas por essa campanha e diariamente pelo projeto. Infelizmente, muitas crianças também frequentam o projeto – informou o pastor Alexandre Barreto, coordenador do restaurante. 

Na última sexta-feira começaram as doações de agasalhos após o almoço e o trabalho vai continuar graças a parceria do CEI com empresas parceiras do projeto, que promovem a arrecadação desses agasalhos e cobertores. As doações para quem não participa do projeto do restaurante Graça, acontecem de segunda a sexta-feira, das 14g às 16h30, no CEI Cabo Frio, que fica na Teixeira e Souza 2600.