Assine Já
sexta, 22 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
28ºmax
21ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 21341 Óbitos: 711
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
comércio

Natal aquece o comércio

Presidente da Acia, Eduardo Rosa projeta aumento de até 20%

24 dezembro 2016 - 15h14
Natal aquece o comércio

A proximidade da noite de Natal faz com que as lojas de Cabo Frio comecem a receber clientes em busca do presente ideal para suas famílias e ami­gos. O presidente da Associação Comercial de Cabo Frio (Acia), Eduardo Rosa, projeta um au­mento de até 20% no fatura­mento dos comerciantes na data. Mas ele lembra de fatores que não deixarão o setor lucrar tanto como a falta de pagamento no funcionalismo público e a crise financeira na cidade.

De acordo com Eduardo, o movimento já é perceptível nos principais centros comerciais da cidade.

– O balanço está razoável, bom. Apesar da crise, está ten­do um movimento. Estou perce­bendo que os comerciantes es­tão conseguindo vender alguma coisa. Espero que o faturamento aumente 15% em relação aos outros meses – comenta.

Em relação ao Natal passado, o crescimento é um pouco mais tímido. O presidente da Acia lis­tou as razões para os consumi­dores não aparecerem em peso.

– Pelo menos em relação ao último Natal, espero que ganhe um aumento de 5% a 10% nes­te ano. A falta de pagamento do 13º está afetando muita gente que poderia vir a consumir. In­felizmente, este Natal será mais cauteloso, como foi o do ano passado – explica.

Apesar disso, Eduardo Rosa espera um nível de compras bom para o comércio nos próximos dias.

– Espero uma média de com­pras dentro de um patamar de R$ 150 a R$ 200. As pessoas não deixam a data passar em branco, mas não gastam como poderiam gastar. As lojas terão um bom movimento, mas o po­der de compra diminuiu – afir­ma ele.