Assine Já
quinta, 16 de setembro de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
20ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 50529 Óbitos: 2055
Confirmados Óbitos
Araruama 12146 429
Armação dos Búzios 6138 64
Arraial do Cabo 1679 90
Cabo Frio 13948 821
Iguaba Grande 5338 134
São Pedro da Aldeia 6812 284
Saquarema 4468 233
Últimas notícias sobre a COVID-19
crise

Mercado automotivo consegue reagir à crise

Venda de seminovos garante o enfrentamento às adversidades financeiras do momento

06 maio 2016 - 13h07
Mercado automotivo consegue reagir à crise

Cabo Frio está acompanhando a tendência do mercado automotivo e reage – e bem– ao mau humor da economia no país. Depois de um 2015 de resultados desastrosos para o setor, com as vendas de veículos voltando aos níveis de 2007, as concessionárias apostam nos carros seminovos para o reaquecimento do setor e, especialmente, confiam nas possibilidades do setor de serviços em todos os seus segmentos. A Bracom de Cabo Frio, do Grupo Líder, é exemplo desta reação às adversidades.

Instalada na Avenida América Central, na Praia do Siqueira, em Cabo Frio, a Bracom já identifica aumento nas vendas de seminvos de 20 a 30% em relação a janeiro/abril do ano passado. A procura é por veículos cujos preços variam de R$ 15 mil a R$ 45 mil. O atrativo é o financiamento em até 60 meses, com entrada que varia de acordo com a financeira escolhida. José Roberto Martinez, gerente do lojão de Cabo Frio, diz que o estoque médio na concessionária é de 15 carros e lembrou que, ainda este ano, a Bracom irá promover um feirão de veículos usados nas próprias dependências.

Se há retração na venda dos veículos zero, nem por isso as concessionárias cruzam os braços. A taxa zero é o atrativo e, apesar dos dissabores do momento econômico, há expectativas positivas para o segundo semestre, inclusive com uma nova realidade que está se estabelecendo, ou seja, a opção pelos financiamentos longos tende a cair, reflexo das incertezas do novo momento econômico que está por vir.

Mas não é só com a retomada da venda dos veículos seminovos que as concessionárias buscam o enfrentamento ao novo tempo. Na Bracom de Cabo Frio, por exemplo, o setor de serviços está revigorado, com aumento que chega a 15% em relação a janeiro/abril do ano passado, índice considerado supreendente diante da atual realidade.

Reflexo da necessidade de preservação do bem, diante da dificuldade de adquir um carro zero, as revisões gerais puxam o fortalecimento dos serviços nas concessionárias. Na Bracom, se não houve demissões para ajustar a folha de pagamento, pelo menos os que ficaram têm a oportunidade de melhor remuneração com as seguidas ampliações de jornada (hora extra), uma necessidade para atender a demanda.

– Estamos observando que o proprietário de veículos cada vez mais opta pela manutenção dentro da concessionária, o que é uma garantia de qualidade nos serviços – comentou Antônio Guerra, gerente de serviços da Bracom/Cabo Frio.