Assine Já
quinta, 12 de dezembro de 2019
Região dos Lagos
26ºmax
20ºmin
Apartamento
AP REC BANNER
festival

Festival Gastronômico começa nesta sexta

Evento em Búzios reunirá 66 restaurantes 

09 julho 2014 - 17h00Por Rodrigo Branco
 
Festival Gastronômico começa nesta sexta

Opções para agradar os paladares mais exigentes, saboreadas em um cenário de cartão postal. Esse é o mote do Festival Gastronômico de Búzios, cuja 13ª edição acontecerá em dois fins de semana seguidos, nos dias 18, 19, 25 e 26 de julho. O evento, que este ano foi postergado para a segunda quinzena do mês em função da Copa do Mundo, contará com o recorde de 66 restaurantes participantes, que contemplam não apenas a culinária típica buziana e brasileira, mas também as cozinhas mediterrânea, argentina, árabe, alemã, entre outras. As degustações poderão ser feitas das 20h à meia-noite no Centro, na Orla Bardot, Rua das Pedras e Rua Manoel Turíbio de Farias ou em Manguinhos, no Porto da Barra e Espaço Domme.

O cardápio ficará a cargo de cada estabelecimento e terá uma entrada, a R$10, um prato principal, a R$20 e uma sobremesa, a R$ 10. Segundo o idealizador e organizador do festival, Gil Castelo Branco, seus preparativos estão a todo vapor e o público pode esperar novidades.

- Em primeiro lugar, a ideia do festival é movimentar a economia da cidade e trazer um público de boa qualidade, consumidor. Buscamos sempre inovar, para não cair na mesmice. Todo ano temos novidade. Não haverá shows musicais, o nosso foco é a comida. Um festival para comer. Se você gosta de comer, deve vir para cá - convida.

Entre as atrações, destacam-se as mesas com quitutes preparados por filhas de pescadores locais, descendentes dos antigos quilombolas que habitavam a região e dos chamados "chef mirins", ou melhor, estudantes de gastronomia da cidade, tradicionalmente responsáveis pelos doces servidos após às refeições. Na opinião de Gil Castelo Branco, o Mundial de futebol não representará, necessariamente, um aumento de público do evento, mas ainda sim as perspectivas são otimistas.

- O público da Copa é diferente do que frequenta o festival, em minha opinião. De qualquer modo, não tenho os dados da rede hoteleira para saber qual será o impacto. Mas de toda forma, são esperados de 20 a 30 mil pessoas por fim de semana, que é a média histórica - prevê.

Se o fluxo de visitantes será grande, a preocupação com a sustentabilidade ambiental será na mesma proporção. Todos os resíduos sólidos serão coletados, a cada hora, por catadores de uma cooperativa de material reciclável para triagem e tratamento. Para isso, cada restaurante receberá duas lixeiras, sendo uma para descarte de material orgânico e outra para lixo reciclável. O material plástico utilizado também será biodegradável, ou seja, que se decompõe sem prejuízo ao meio ambiente.